InícioCidadeCom salários atrasados, terceirizados da CEMIG ameaçam paralisação por melhores condições de...

Com salários atrasados, terceirizados da CEMIG ameaçam paralisação por melhores condições de trabalho em João Pinheiro

Paralisação deve acontecer nesta sexta-feira, 08 de março

Publicado em

A reportagem do JP Agora recebeu informações exclusivas que apontam o descontentamento dos funcionários terceirizados da CEMIG em João Pinheiro. Segundo informado, a situação chegou em um nível insustentável e os trabalhadores planejam realizar uma paralisação geral nesta sexta-feira, 08 de março.

O trabalhador que entrou em contato com o JP Agora pediu para não ter a identidade revelada. Ele pontuou que a empresa Potência Medições, terceirizada da CEMIG, vem atrasando o pagamento dos salários há meses e, neste mês de março, a empresa já comunicou que vai atrasar mais uma vez, o que motivou a paralisação nesta sexta-feira (08). 

“A gente está passando por problemas tempos, como pagamentos atrasados, condições precárias de trabalho, então estamos nos reunindo para uma possível paralisação na sexta-feira. Se realmente formos realizar a paralisação, vai ser por isso. Esse mês já nos informaram que vamos receber atrasado mais uma vez. Chegamos no nosso limite, trabalhamos em condições muito precárias com equipe bem reduzida para atender João Pinheiro” pontuou o trabalhador.

Questionado sobre as funções exercidas pela empresa em João Pinheiro, o trabalhador explicou que ele e seus colegas são da linha de frente da CEMIG na cidade e realizam todos os tipos de serviço, como manutenção de rede, de modo que, havendo a paralisação, a cidade vai ficar completamente desamparada enquanto durar o ato. Além do atraso dos pagamentos, os trabalhadores ainda enfrentam péssimas condições, incluindo de EPIs.

“Questão de EPI também, é uma dificuldade para mandarem. Estou com uma luva furada há mais de 10 dias. Nossos veículos estão bastante deteriorados, para-brisa quebrado, pneu careca, um deles não está rodando. Está tudo muito complicado, por isso vamos parar na sexta-feira (08)”, destacou.

O JP Agora tentou contato com a CEMIG, e assim que houver uma resposta atualizaremos o texto. Seguiremos acompanhando o caso de perto, já que a cidade de João Pinheiro não pode ficar sem a prestação do serviço essencial que é a energia.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
GALO DOIDO
1 mês atrás

muito bom essa greve , ai para de cortar energia ate segunda AMÉM

Cemig
1 mês atrás

Corta a luz do povo com eficiência por atrasi. Agora com muito mais eficiência estão atrasando seu salário. Legal né Potência tá de parabéns eficiência sempre kkk

Adolfo Maia das Floresb
1 mês atrás

Para nada. Vocês acham que vão perder a boquinha.