Covid-19: jovens lideram índice de contaminação em João Pinheiro, afirma médico

Depois do feriado do dia primeiro até hoje, quase cem casos foram confirmados

O enfrentamento da pandemia do Covid-19 em João Pinheiro parece ter chegado a um ponto de relaxamento. É o que se pode perceber dos clubes, cachoeiras e bares, onde as pessoas têm se aglomerado sem respeitar as regras de distanciamento social. A epidemiologia do município concedeu entrevista na manhã de hoje para conscientizar sobre o assunto e afirmou que a maioria dos novos casos são pacientes jovens, de 25 a 35 anos.

Segundo Ricardo Pereira de Melo, médico que está na linha de frente combatendo a doença desde o início da pandemia em João Pinheiro, o número de casos aumentou drasticamente nas últimas semanas e, além disso, os novos casos estão surgindo com sintomas mais fortes.

“O número aumentou. Alguns dias antes do feriado do dia 1 até a data de hoje, tivemos um aumento de quase cem casos. São, no total, 92, dos quais, grande parcela com sintomas mais graves. Cinco deles estão internados, dois na UTI e 3 na clínica. Uma paciente está entubada em estado mais grave, infelizmente” apontou o médico Ricardo Pereira de Melo, preocupado com a atual situação do município.

Um ponto importante que foi mencionado tanto por Ricardo quanto pelo Secretário de Saúde é sobre a comparação da situação atual de João Pinheiro com outros municípios que já passaram pelo pico da pandemia e estão voltando às atividades normais. Isto porque, para eles, agora que João Pinheiro chegou no estado crítico.

“Não podemos comparar nosso município com outros que já passaram pela pandemia. Eles estão na fase de relaxamento porque já passaram do período de colapso do sistema. Nós infelizmente estamos em crescimento do número de casos, com casos mais graves e que pode sim faltar leitos no município e região” alertou Ricardo.

Foi unanimidade, também, entre todos que discursaram na reunião, a questão da necessidade da manutenção dos procedimentos de prevenção. O uso correto da máscara, o respeito ao distanciamento social e o uso do álcool gel continuam sendo extremamente necessários. Para o Secretário de Saúde Gilberto, a conscientização continua sendo o melhor remédio. Ele finalizou dando um recado para a juventude.

“Idosos estão respeitando certinho os limites de contato social. O maior índice de contaminação está com a juventude. Aquelas que não estão levando a sério o risco de contaminar. A Covid-19 não passou e continua matando. Não há outra solução que não o isolamento. Não tem como proibir ninguém de ir pros locais. Não temos condições de coibir, de proibir. Continuaremos com a conscientização. Não se aglomere nesse instante. Essa doença mata” alertou o Secretário preocupado com o comportamento dos jovens pinheirenses.

9 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


9 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
anonimo
1 ano atrás

tinha era que fechar prainha, praia park, bares e restaurantes no periodo apos 22hrs, fechar a entrada e fiscalizar a cachoeira e multar esses estabelecimetos que insistem em desrespeitar as determinações dos decretos

Deus é Mais
1 ano atrás

A tal da Prainha, tá aí o resultado, vc q é jovem e acha q pode suportar essa enfermidade não se esqueça q seus pais podem não suportar, pense nisso agora para não CHORAR depois,Deus tenha misericórdia de nós, Amém.

Pé de cana
1 ano atrás

Kkkkk filas nos bancos….casa de materiais de construção cheias….os supermercados do líder nem se fala…..boteco então….. futebol nas quadras …..xiiiiii da desinformado demais secretário

Geraldo
1 ano atrás

A CACHAÇAS QUE ESTA NESSES BOTECOS AQUI NÃO É BRINCADEIRA

Semprelendo
1 ano atrás

Parabéns pela entrevista.
Agora não é falta de informação.
Vamos ver se o povo acorda.
E o pior é que os jovens de§uidados poe em risco os idosos.

Lu
1 ano atrás

jpagora até quando o bar do creu, bar da galeca e prainha vai continuar com aglomerações e o ponto certo tambem

cascavel
1 ano atrás

E os politicos só pensam em seus salarios e suas diárias que o povo ODEIA aqui se faz aqui se paga, não se esqueça da LEI DO RETORNO….muitos ainda vão chorar…

Kkkkkkk
1 ano atrás

Os bares só tá ficando cheio engraçado que a igreja que precisa num poder abrir …..num sei pra q bar fica aberto e cheio de gente do jeito que tá …..toma providência

Eu mesmo
1 ano atrás

O melhor que temos a fazer em época de pandemia é sair para o necessário. Isto não configura bares, Lanchonetes, clubes e prainha.

Artigos relacionados

Últimas Notícias