Defender a família e a sua propriedade com uma arma de fogo é um direito de todo cidadão de bem

Conheça os requisitos para a obtenção do direito de possuir uma arma de fogo registrada

Ter uma arma de fogo na sua propriedade pode fazer muita diferença quando o assunto é proteção e segurança. Isto porque o estado não consegue estar presente em todos os lugares o tempo todo, de modo que o tempo entre o cometimento de um crime e a chegada da polícia pode ser a linha entre a vida e a morte.

Clubes de tiros espalhados por todo o Brasil viram a busca por novos registros de armas de fogo crescer 57% em 2020, segundo dados da Polícia Federal, percentual este que reflete o sentimento de insegurança da população.

Assim, especialistas pró-armamento defendem que a arma de fogo consegue igualar as forças entre malfeitor e vítima, protegendo-a de um mal maior. Ninguém duvida, no entanto, que possuir uma arma de fogo requer cuidados e preparo por parte do proprietário.

Pensando nisso, procurar um auxílio na hora de buscar por esse direito é o primeiro passo do burocrático processo para a obtenção do registro. Em João Pinheiro, o Country Clube presta todo o apoio necessário àqueles que pretendem adquirir uma arma de fogo. Confira, a seguir, os requisitos.

Idade, ocupação lícita e bons antecedentes são requisitos indispensáveis

O solicitante precisa, antes de tudo, ter mais de 25 anos de idade, possuir ocupação lícita e não ter ficha criminal. Depois, precisa passar por uma avaliação psicológica, por um profissional da área credenciado pela Polícia Federal. O próximo passo é conseguir um laudo de tiro produzido por profissionais credenciados pela Polícia Federal.

Para conseguir o laudo de tiro, o solicitante precisa passar por testes realizados no clube, através dos quais se ganha experiência para manusear a arma de fogo.

No Country Clube de João Pinheiro, o interessado em possuir uma arma de fogo encontra toda a assessoria que precisa para realizar todas as solicitações, além de oferecer todos os cursos e testes para a obtenção do laudo de tiro.

O preço dos processos é a partir de R$900,00 (novecentos reais), no qual está incluído o laudo psicológico, laudo de tiro, taxas dos exército ou Polícia Federal e a taxa do despachante. O valor pode ser dividido em até 4 vezes no cheque ou cartão. Entre em contato no (38) 9.9151-5348 ou (38) 9.8414-6410 e agende uma visita.

10 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


10 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Zé mane
5 meses atrás

Defender sua família e sua casa , direito de todo cidadão de bem !!!

Sensato
5 meses atrás

Defender a família é mais que um direito, mas sim um DEVER…

Última edição 5 meses atrás by Sensato
J
5 meses atrás

Que Deus abençoe quem é contra o armamento nunca esteja numa situação dessas pq se estiver e precisar se defender tenho certeza que iriam mudar seu conceito. Melhor morrer lutando.

Mário Uchôa
5 meses atrás

POSSUIR E PORTAR ARMA DE FOGO, PARA A DEFESA É DIREITO DO CIDADÃO, MAS AINDA É UM DIREITO
MUITO BUROCRÁTICO E CARO.

Oi
5 meses atrás

Ah pronto

Pqp
5 meses atrás

Medo dessas intitulações que brasileiro banalizou e ama.
“Doutor”
“Pastor”
“Coaching”
“Cidadão de bem “

João
5 meses atrás

Alguém determinar o que você pode ou não já é desrespeito, quem quer usa tiver condições psíquicas não ameaça ninguém ,quem e contra não compra mas não informe isso publicamente os bandidos ia escolher alguma pessoa vulnerável pra atacar

Sensatez
5 meses atrás

O problema é que tem muito “cidadão de bem” que aponta arma até pra uma buzinada de trânsito. Em resumo, aprendam a votar em vereadores deputados e senadores (legislativo) para que as leis criminais mudem no país e que, principalmente as armas saiam da mão dos bandidos. O brasileiro ainda tem muito o que aprender antes de colocar uma arma na mão, infelizmente não é pra qualquer um. Elegeram o capitão paraquedista que até agora nada fez com relação à segurança pública.

mito
5 meses atrás

E PARA AQUELES QUE SAO CONTRA , QUANDO UM LAZARO DA VIDA CHEGAR A EM SUA CASA RECEBA ELE COM FLORES E QUEM SABE UMA XICARA DE CAFE

Cidadão Pinheirense
5 meses atrás

Sou pró armamento, pessoas capazes e armamento legal. Mais essa publicação é muito infeliz se valendo da tristeza de várias famílias (inclusive da nossa cidade) do medo, para fazer uma propaganda de clube de tiro. Sinceramente me decepcionei com o editorial.

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias