Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioMinas GeraisEntenda por que a conta da CEMIG não teve redução mesmo com...

Entenda por que a conta da CEMIG não teve redução mesmo com reservatórios cheios

Em entrevista para a Itatiaia, a advogada Cristiana Nepomuceno explica que impostos e uma medida provisória impedem a redução na fatura

Publicado em

Reservatórios cheios e contas de energia no mesmo preço. Esse é um questionamento comum entre a população mineira que, devido às intensas chuvas que ocorreram nos últimos dias, começou a se perguntar o motivo do valor da conta de energia não reduzir.

Publicidade
Lubrificantes em geral na Lubrivaz em João Pinheiro

Segundo a advogada Cristiana Nepomuceno, mestre em direito ambiental, as chuvas não refletirão na redução da fatura pelo menos neste momento. “A gente tem em vigor agora essa medida provisória, que foi proposta no ano passado, justamente para registar uma taxa extra na conta de luz por causa da escassez hídrica. Essa medida está valendo até abril de 2022”, explica a advogada que também é membro do Observatório Nacional de Meio Ambiente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Só o governo pode decair com essa medida, tendo em vista que tivemos mais chuvas do que o previsto. Só que a gente tem também um déficit de bilhões de reais ao utilizar essas energias térmicas e acaba que quem paga esse déficit são os consumidores. Os consumidores sempre acabam pagando por uma coisa que é imposto. Ou realmente é imposto a ele”, continua.

Publicidade
Dione Motos em João Pinheiro tem a proteção ideal para você

Bandeiras tarifárias

Existem quatro tipos de bandeira: verde, amarela, vermelha e preta e cada uma representa um valor a ser pago na conta de energia. “A preta é utilizada no caso de escassez hídrica e o custo da energia se torna R$ 14,20 por 100 quilowatts consumidos, o que deixa a conta de energia extremamente cara, visto que nela a gente tem impostos e outros encargos em apenas uma conta de luz, além dos tributos igual o ICMS, PIS e COFINS”, esclarece a advogada.

Para que a conta fique mais barata, a advogada acredita que a solução é criar sua própria energia. “Como solução para uma energia renovável, mais barata, foi editada agora no último dia sete, a lei 14.300 que fala sobre a geração de energia. Como a gente tem vários que atuam nesse mercado livre de energia, a gente pode escolher fora da Cemig”, destaca.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

A advogada, que é autora de diversos livros, exemplifica com uma ação realizada pela Universidade de Manaus. “Um professor de engenharia ensinou a própria população carente a gerar sua própria energia através de garrafas PET. Então são estudos que competem ao pessoal de engenharia, mas também que a gente pode utilizar”, conclui.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Mistereme
6 meses atrás

No mês que acabar a medida será época de poucas águas kkkkk aí não vão abaixar dnovo pq os reservatórios estão baixos kkkkk…
E o consumidor por sua vez.. continua pagando a conta bilhonária ….
A política do Brasil não ajuda seu povo, só tira. Tem nada de democrático, tá mais pra comunismo!!!

Emanuel eriberto de melo siqueira
6 meses atrás
Resposta para  Mistereme

Ainda querem eleger um comunista ladrao e presidiario para o Brasil so sendo piada kkkkkkk

Geraldo Araújo Martins
6 meses atrás

Mesmo com os reservatórios cheios eles não vão baixar os preços das contas de luz, porque eles não tem onde tirar dinheiro, a não ser da população a galinha dos ovos de ouro e quem controla a água controla a vida.

Publicidade

mais artigos