InícioCidadeEx-secretário vira réu por estelionato em João Pinheiro; denúncias apontam negociações fraudulentas...

Ex-secretário vira réu por estelionato em João Pinheiro; denúncias apontam negociações fraudulentas de gado

Os processos foram encaminhados à justiça pelo Ministério Público

Publicado em

O ex-secretário de planejamento da cidade de João Pinheiro, Heli Oliveira, virou réu na justiça por supostos estelionatos cometidos contra produtores rurais locais. Nas ações penais às quais o JP Agora teve acesso, o Ministério Público aponta que o ex-braço direito do prefeito municipal, Edmar Xavier Maciel (PDT), deixou prejuízos milionários ao repassar cheques sem fundos para aquisição de gado. O JP Agora conseguiu contato com o denunciado que deu sua versão dos fatos.

Em um dos processos, o Ministério Público aponta que Heli agiu em conluio com Carlos Batista Dias, que teria afiançado a compra de 71 cabeças de gado pelo preço de R$257.453,00 (duzentos e cinquenta e sete mil, quatrocentos e cinquenta e três reais) no dia 04 de julho de 2022. Carlos Batista Dias teria agido em conluio com Heli afiançando o negócio utilizando do seu prestígio por ser funcionário da Estância Noroeste.

“Consta que a concessão de prazo para pagamento foi afiançada pelo denunciado Carlos Batista Dias, então empregado da Estância Noroeste, mas que, previamente acordado com Heli, participou da empreitada criminosa visando gerar a confiança e certeza de pagamento à vítima, afirmando que o comprador era pessoa de confiança, que trabalhava na Prefeitura e era bem recomendada e que, por tais motivos, o comprador poderia concordar com a venda a prazo”, aponta o Ministério Público.

Outra denúncia levada à justiça pelo Ministério Público aborda suposto estelionato cometido por Heli no dia 11 de setembro de 2022, também com o repasse de cheques sem fundos para aquisição de gado. Nos processos, o órgão aponta que Heli possui extenso histórico de registros policiais pela prática de estelionato, sendo 06 em João Pinheiro e mais 03 em Três Marias. Ao final, o Ministério Público pede a condenação de Heli pelo crime de estelionato.

Heli Oliveira era considerado braço direito do prefeito Edmar Xavier (PDT) em razão do seu cargo de Secretário de Planejamento. Ele deverá ser denunciado nos próximos dias com relação às demais acusações de estelionato.

Em resposta ao JP Agora, Heli Oliveira disse que os desacordo ocorrem por parte de terceiro entre intermediadores e vendedoras, ele também disse que as acusações serão respondidas no curso de processo e que os compromissos legítimos serão quitados de forma parcelada.

“Os processos referem-se a débitos contestados pois ocorreram problemas relacionados a gado adquirido e não entregue por parte dos vendedores/intermediadores, o que ocasionou o desacordo comercial. Na ocasião foram tomadas todas as providências legais cabíveis de registro dos fatos e já existem procedimentos judiciais contra os fraudadores. O processo em pauta será respondido tempestivamente e será elucidado de acordo com as devidas provas. Outros compromissos legítimos comprometidos pelo desencontro das finanças na mesma ocasião estão sendo quitados de forma parcelada.”, disse.

O JP Agora não conseguiu contato com Carlos Batista Dias e o espaço segue em aberto caso o acusado queira se pronunciar.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


9 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João
1 mês atrás

O próximo é o Edinho.

Filhos da Anarquia
1 mês atrás

Povo besta esse de Jp, só pq o cara era secretário todo mundo queria vender fiado pra ele, dinheiro de trouxa e matula de malandro.

Júnior e Amanda
1 mês atrás

Esse heli esse Joel secretário fico rico rápido demais, parabéns ministério publico.

Inocência
1 mês atrás

Dinheiro do asfalto da cana brava foi embolsado tbm com sucesso pq nunca sair

Dudu Ponto Certo
1 mês atrás

Ele deve meu pai nunca mais receber

Badia
1 mês atrás

E a reportagem fala somente das vendas maiores os coitados dos pequenos produtores que neim a juízo levaram seus prejuízos, safado esse heli, comprou gado a reveria do povo e não pagou, todos que levaram prejuízo dele deviam aproveitar esse processo e se unir ia dar mais de 60 pessoas lesadas, torcer para q a justiça faça sua parte

Galo
1 mês atrás

Ruim esta pra mim não tenho 10 reais pra colocar uma gasolina pra esses aí não da nada sempre assim

Eu mesmo
1 mês atrás

Tomara q paga mesmo né diz q ele e irmão do prefeito se não tiver parte também.

GALO DOIDO
1 mês atrás

isso da nada so da alguma coisa para nos pobres sempre assim…