19 C
João Pinheiro
quinta-feira, maio 6, 2021

Exemplo: Jovem que era cortador de cana se forma em Medicina

"Que minhas mãos possam ser usadas por Deus pra transformar vidas", declarou Wellington Gomes

A história de Wellington Gomes viralizou nas redes sociais no último fim de semana, após um relato feito por ele, que deixou de ser cortador de cana de açúcar e realizou o sonho de se formar em Medicina. O caso aconteceu em Pernambuco.

Wellington trabalhava na cidade de Ribeirão, na Mata Sul do estado, mas se esforçou para mudar de vida. Com o apoio dos pais, ele concluiu os estudos na Faculdade Pernambucana de Saúde da Universidade de Pernambuco (FPS/UPE).

“De cortador de cana a médico! Nasci no engenho santa cruz II, zona rural de Ribeirão, e desde cedo cortei cana. Um dia resolvi que iria mudar minha história seguindo os conselhos dos meus pais que, mesmo analfabetos, sempre me indicaram o caminho do sucesso: estudar. O estudo me trouxe até aqui e tenho certeza [de] que me levará ainda mais longe. Que minhas mãos possam ser usadas por Deus pra transformar vidas! Obrigado por tudo, Senhor. Guia-me!”, escreveu Wellington em um post.

Em outra publicação, ele mostrou uma foto ao lado de seu pai e destacou a importância do apoio da família.

“A primeira coisa necessária para um sonho se realizar é de alguém que acredite nele. Quando eu era [do] 1° ano do ensino médio, eu descobri que a UPE fazia um vestibular seriado anualmente, o qual facilitaria bastante a entrada na universidade. O problema é que faltavam dois dias para acabarem as inscrições, e eu não tinha dinheiro algum para pagar a taxa de inscrição […] Cheguei em casa e contei pra painho que precisava de dinheiro para pagar a taxa de inscrição (eu morava no engenho e ia pra cidade de bicicleta todos os dias pra poder estudar), e painho (que é analfabeto) se prontificou a ir comigo trabalhar, para que conseguíssemos o dinheiro. Trabalhamos até mais ou menos 16h em um lugar chamado engenho São Pedro e, com o dinheiro, pagamos o boleto do ssa e um papel de energia. Foi o dia todo. Foi sofrido. Foi um dos primeiros momentos em que acreditaram em meu sonho. Eu sou o resultado de muita determinação, mas também de uma soma de esforços de diversas pessoas como meu querido pai, que sempre acreditaram em meu potencial. Minha gratidão neste momento se estende a todos que, de alguma forma, contribuíram para que o sonho de ser médico esteja prestes a se tornar realidade”.

O exemplo de Wellington ganhou repercussão nacional, e vários usuários do Instagram o parabenizaram pela trajetória de sucesso.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias