Gari interrompe trabalho para dar água para cavalo que passava mal no meio da rua

O trabalhador, que não teve o nome divulgado, parou o serviço quando viu o animal passando mal e foi lá para ajudar com uma bacia com água

Em Belém do Pará um gari foi flagrado dando água para um cavalo com sede no meio da rua e recebeu vários elogios pelo Instagram. O trabalhador, que não teve o nome divulgado, parou o serviço quando viu o animal passando mal e foi lá para ajudar com uma bacia com água.

O flagrante foi gravado pelo internauta Felipe Bandeira e postado no perfil da secretaria de Saneamento da cidade, Ivanise Gasparim. “O Felipe Bandeira registrou esse momento lindo e nos enviou. Um gari parou por um momento o seu serviço para dar água para um cavalo, que estava passando mal, no meio da rua. Que sensibilidade, né?! Me emocionei”, escreveu Ivanise no Instagram.

Cavalos escravizados

As imagens foram gravadas na última sexta, 23 e levantaram uma outra questão: por que algumas regiões brasileiras continuam permitindo o uso de cavalos para puxar carroças e trabalhos pesados?

Publicidade
Colégio Darcília Coímbra João Pinheiro - Matrículas Abertas

No Rio de Janeiro, por exemplo, uma lei de 2016 proíbe o uso de cavalos e jumentos para puxar carroças e charretes e transporte de cargas ou pessoas nos grandes centros. A lei, de autoria do deputado estadual Dionísio Lins, foi sancionada pelo governo do Estado e está em vigor desde então.

No Distrito Federal, outra lei que proíbe carroças na Capital Federal teve o texto aprovado 3m 2016 e até hoje não está em vigor porque o governo local diz que “estuda alternativas para os trabalhadores”

“Por que as pessoas fazem isso com os bichos? Usam até dizer chega e depois abandonam! Triste demais. Esse povo tem uma pedra no coração”, escreveu uma seguidora da secretária de Belém.

Elogios ao gari

Também não faltaram no post elogios ao gari que deu água para o cavalo

“O mundo precisa de mais seres humanos e profissionais como este. Generosidade, carinho e amor está em falta”, comentou uma seguidora.

“O cuidado e o amor transformam dor em esperança, acredito em um mundo contagiado por esses valores”, disse um seguidor.

Assista ao vídeo do flagrante:


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias