Gari pede consciência de moradores do Bairro Roosevelt Porto no descarte do lixo, em João Pinheiro

Vair Sabino reclamou para a redação do JP Agora que alguns moradores sequer amarram a boca dos sacos de lixo

Nesta quinta-feira, 17 de março, a redação do JP Agora recebeu a reclamação do gari pinheirense Vair Sabino, de 57 anos, que atua na profissão há quase dez anos em João Pinheiro. Segundo ele, alguns moradores do Bairro Roosevelt Porto, onde mora, não estão descartando o lixo da forma correta. A reportagem do site esteve no local e o entrevistou.

Vair contou que é o responsável pela limpeza do bairro e que se impressiona cada dia mais com a falta de comprometimento e urbanidade de parte dos moradores, os quais, segundo o gari, sequer amarram os sacos de lixo, facilitando que o material se espalhe com o vento e, ainda, através da ação de animais soltos nas ruas, incluindo os cavalos que se tornaram praticamente moradores das ruas do bairro.

“Tem alguns moradores, não são todos, que jogam o lixo aqui. Veja bem, essa noite não teve coleta porque o caminhão quebrou, mas olha aqui a situação. Alguns nem amarram os sacos. Se colocassem amarrados até que estaria tudo bem, mas não. Já tem cavalos demais na rua, cachorro e gato, esse lixo aqui vai todo lá para baixo” destacou Vair.

O morador seguiu dizendo que falta consciência a essas pessoas, já que amarrar o saco é o mínimo que se espera na hora do descarte.

“A pessoa tem que amarrar, tem morador que nem amarra o saco de lixo, joga assim, o que vai pegar o lixo e esparrama tudo. Por isso que esparrama tudo, o lixo voa. A sacolinha amarrada não voa. Tem que ter mais consciência. Tem até negócio de sangue aqui. Se tivesse colocado em um saco e amarrado, mas não. Fica solto” ressaltou.

O JP Agora já noticiou várias vezes a questão dos animais soltos no Bairro Roosevelt Porto e, até o momento, segundo Vair, nenhuma providência foi tomada pelas autoridades locais. Os cavalos, segundo ele, são os principais animais que mexem nos lixos, sujando ainda mais as ruas. O morador finalizou pedindo providências quanto a isso para as autoridades.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Lucas
2 meses atrás

Realmente não custa ser educado e humano com os garis, sempre que tem vidro no meu procuro embalar direito, e fecho a boca do saco pra min a mão não caiu!

Geraldo
2 meses atrás

parabéns ao senhor evair

Bebê da mamãe
2 meses atrás

Dêem valor aqui no Manoel neto a nossa farredeira mora aqui no bairro é não farre vai é dá faxina na casa dos outros

Artigos relacionados

Últimas Notícias