InícioCidadeHomem morre ao ser atropelado por carreta em João Pinheiro; motorista confessou...

Homem morre ao ser atropelado por carreta em João Pinheiro; motorista confessou ter bebido cerveja 12 horas antes

Makissuel Ferreira dos Reis estava de bicicleta e foi atingido por uma carreta bitrem enquanto ela fazia uma curva

Publicado em

Uma tragédia abalou a cidade de João Pinheiro na noite desta sexta-feira, 01 de dezembro. O jovem pinheirense Makissuel Ferreira dos Reis morreu após ser atropelado por uma carreta no Bairro Aeroporto. O motorista da carreta chegou a ser preso por admitir ter bebido uma lata de cerveja 12 horas antes, mas foi liberado pelo delegado depois que foi ouvido.

A reportagem do JP Agora apurou, com exclusividade, que a tragédia aconteceu na Rua Roberto Donizete. O motorista da carreta foi quem acionou a Polícia Militar e relatou que seguia pela Roberto Donizete e, ao chegar na altura da Rua José Eustáquio da Fonseca, iniciou manobra para conversão à direita e não conseguiu ver Makissuel em razão do ponto cego da carreta bitrem.

Homem 32 anos morre ao ser atropelado por carreta em João Pinheiro; motorista confessou ter bebido cerveja horas antes
Foto: PMMG

O motorista parou imediatamente assim que viu populares gritando em sua direção e, ao desembarcar, visualizou o jovem, que foi atingido pelas rodas da carreta. A princípio, Makissuel estava consciente e chegou a conversar com o motorista. O Corpo de Bombeiros chegou e constatou fraturas no quadril, escoriações no joelho, braço, mão e tórax. Ele foi socorrido até a UPA e foi transferido para Patos de Minas, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Motorista confessou ingestão de lata de cerveja e recusou fazer o bafômetro

Convidado a realizar o teste do bafômetro pela Polícia Militar, o motorista recusou-se a fazê-lo e informou que havia ingerido uma lata de cerveja horas antes, o que motivou sua prisão em flagrante. Na delegacia, o motorista profissional confirmou a informação dada anteriormente à PM, mas completou que bebeu a lata de cerveja na hora do almoço, muito tempo antes do acidente, e que a lata de cerveja não tirou sua capacidade de dirigir.

Diante do relato e considerando o tempo decorrido da prisão e da análise pelo delegado, a autoridade não ratificou a prisão em flagrante e liberou o motorista em razão da aparente ausência de dolo ou culpa, frisando a necessidade de uma investigação aprofundada.

Aos familiares e amigos de Makissuel, o JP Agora presta as mais sinceras condolências.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Pinheirense
4 meses atrás

Devia proibir carretas transitar pelas ruas da cidade.

Antonio
4 meses atrás

Já passou da hora de proibir o tráfego de caminhões de grande porte dentro da cidade.
Infelizmente, mais um jovem foi vítima do descaso das autoridades.Que Deus conforte a família.

Jp
4 meses atrás

Coitado do rapaz já tinha cara triste ☹️ mais uma imprudência por causa de álcool se beber não pega no volante.