Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeHomem que atirou cinco vezes contra desafeto em 2010 é condenado pelo...

Homem que atirou cinco vezes contra desafeto em 2010 é condenado pelo Tribunal do Júri em João Pinheiro

A vítima foi socorrida por terceiros ao hospital e sobreviveu

Publicado em

O Tribunal do Júri da cidade de João Pinheiro condenou, na última segunda-feira (01), um homem que atirou cinco vezes contra um desafeto no ano de 2010, que sobreviveu porque foi socorrido às pressas por terceiros. Denunciado por tentativa de homicídio, o réu recebeu a pena de 8 anos de reclusão.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

O JP Agora apurou que o crime aconteceu no dia 19 de maio de 2010 em uma fazenda próximo ao Bairro Santa Cruz. O autor era credor de uma dívida de drogas e desferiu cinco disparos de arma de fogo contra a vítima, dos quais dois atingiram o abdômen. A denúncia trazia ainda a participação de dois menores, motivo pelo qual ele também foi denunciado por corrupção de menores.

Apresentadas as provas e depois dos debates entre acusação e defesa, o réu foi condenado por tentativa de homicídio e foi absolvido da corrupção de menores. Na fixação da pena, o juiz condenou em 8 anos de reclusão a ser cumprida no regime inicial semiaberto. O réu vai recorrer em liberdade.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
.
3 meses atrás

Esse caso aí se foi oq eu tô pensando tem ND a ver essa matéria aí

mais artigos