Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioPoliciaisHomem testemunha assalto, tenta fugir e acaba desmaiando após bater a cabeça...

Homem testemunha assalto, tenta fugir e acaba desmaiando após bater a cabeça em caminhão, em João Pinheiro

Crime aconteceu na última terça-feira (12)

Publicado em

O Posto Veredas, localizado no KM 323 da BR 365, foi alvo de criminosos armados na noite da última terça-feira, 12 de abril, no distrito de Luizlândia do Oeste em João Pinheiro. Quatro homens renderam um funcionário e, sob ameaças, subtraíram R$7.150,00 (sete mil, cento e cinquenta reais) e um aparelho celular Samsung. Até o momento, ninguém foi preso.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Segundo apurado pelo JP Agora, o crime aconteceu por volta das 22 horas da última terça-feira, 12 de abril. Quatro homens desembarcaram de um Onix de cor preta, todos encapuzados, e renderam o frentista que estava de serviço naquele momento. Dos criminosos, apenas um deles estava com arma em punho. Tratava-se de uma espingarda.

Assim, sob ameaças, o frentista foi obrigado a entregar todo o dinheiro do caixa, cerca de R$7.150,00 (sete mil, cento e cinquenta reais), e o seu celular da marca Samsung. Depois, os criminosos entraram no veículo e fugiram em direção ao distrito de Luizlândia do Oeste (JK).

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

Um homem que estava no posto, ao testemunhar o crime, saiu correndo do local e acabou batendo a cabeça na carroceria de um caminhão que estava estacionado. Com o impacto, ele desmaiou na hora e precisou ser socorrido. Apesar do susto, o homem passa bem. Os criminosos seguem sendo rastreados pela polícia.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos