InícioCidadeIrmãos de 11 e 13 anos fogem da casa do pai após...

Irmãos de 11 e 13 anos fogem da casa do pai após ameaças e chamam a polícia em Brasilândia de Minas 

A mãe mora no entorno de Brasília foi comunicada para buscar os filhos

Publicado em

Duas crianças, de 11 e 13 anos, fugiram da casa do pai e acionaram a Polícia Militar na última quinta-feira, 29 de dezembro, em Brasilândia de Minas. Os irmãos se esconderam próximo a uma escola e, com muito medo, ligaram para a polícia depois que o pai os ameaçou. O homem não foi encontrado até o fechamento da ocorrência.

Segundo apurado pelo JP Agora, tudo começou com duas ligações realizadas pela irmã mais velha, de 13 anos. Ao atendente do 190, ela falava bem baixo e bastante assustada e, com dificuldade, contou que havia fugido da casa do pai acompanhada do irmão mais novo, de 11 anos, e estavam escondidos próximo à Escola Julius Peter Paul Kaatz e ao quartel da PM. 

A garota dizia que o pai fez ameaças de agressão, incluindo com machado e pá, e foi orientada pelos militares a acabar de chegar no quartel. Então, ela e o irmão se encontraram com os militares e logo eles perceberam que, além de bastante assustadas, as crianças estavam famintas, motivo pelo qual os próprios policiais tentaram tranquilizá-las e compraram lanche com sanduíches e refrigerantes.

Depois, com os irmãos mais calmos, os militares acionaram o Conselho Tutelar e, na presença dos conselheiros, a criança relatou que ela e o irmão vieram passar as férias escolares na casa do pai, em Brasilândia de Minas, mas que ele teria chegado embriagado e bastante agressivo.

O homem teria dado um soco na parede e ameaçado dar socos nas crianças. Depois, ameaçou os filhos se ligassem a TV ou pegassem a bicicleta, o que faria, segundo ele, com um machado. As crianças sabiam que o pai possuía passagens pela polícia por agressão, ameaças e do envolvimento dele com drogas. Então, a mais velha não pensou duas vezes, pegou seu irmão e fugiu da casa.

Diante do relato, os policiais saíram em busca do homem, mas ele não foi encontrado. O Conselho Tutelar levou as crianças para o abrigo municipal e contatou a mãe, que mora no entorno de Brasília – DF, que disse que viria buscar os filhos imediatamente. O caso será investigado pela justiça.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Irônico
26 dias atrás

Se todas Crianças e adolescentes agirem c essa astúcia evitarão MTS danos! Parabéns a elas, PMs e ao conselho tutelar por contatar a mãe!

mais artigos