João Pinheiro fecha fevereiro com saldo negativo de empregos; confira os dados do CAGED para o município

Números de desligamentos foi maior do que o número de admissões

O Município de João Pinheiro fechou o mês de fevereiro com saldo negativo de empregos, o que corresponde à diferença entre admissões e demissões durante o período. As informações oficiais são do CAGED. Confira os detalhes a seguir.

No total, foram 821 novos contratos de trabalho contra 833 desligamentos, o que gerou o saldo negativo de -12 empregos. O destaque de contratações e de desligamentos ficou para o setor da indústria, com 53 admissões e 287 desligamentos.

O setor que mais gerou emprego foi o agropecuário com 388 admissões e 274 desligamentos, sendo este o que mais demitiu no período. Na sequência, vem o setor de serviços, com 187 admissões e 132 desligamentos.

O setor de comércio em geral gerou 105 novos contratos de trabalho, mas outros 91 desligamentos foram registrados para este setor, seguido da construção civil com 88 admissões e 49 desligamentos. Por último, a indústria gerou 53 admissões e 287 desligamentos no mesmo período.

5 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


5 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João
1 mês atrás

Algum mês foi positivo? 😂😂😂😂

Zezinho
1 mês atrás

Cidade que não dá oportunidade pra ninguém! Se quiserem crescer na vida vá pra outra cidade correndo!!!

Sera
1 mês atrás

Oportunidades tem. o que acontece é que a maioria só quer o salário no final do mês.
Chega pra pedir emprego e pergunta do salário e a carga horária. Não tá nem um pouco interessado na atividade que terá que exercer

Realista
1 mês atrás
Resposta para  Sera

A questão é que as duas partes, empregado(a) e empregador(a) devem ser responsáveis e cada um(a) fazer bem a sua parte, com o(a) empregado(a) trabalhando direito, e o(a) empregador(a) pagando direito, quando um(a) não faz a sua parte nada funciona, como por exemplo, quando: o(a) empregado(a) não faz seu trabalho e quer receber, ou quando o(a) empregador(a) não quer pagar pelo trabalho recebido. Deve existir o bom senso entre as duas partes.

Músico
1 mês atrás

CAGED que eu conheço é “do lá sol mi re ” kk

Artigos relacionados

Últimas Notícias