InícioCidadeJovem agride padrasto e própria irmã que sofre de epilepsia para roubar...

Jovem agride padrasto e própria irmã que sofre de epilepsia para roubar R$2 mil em João Pinheiro

Padrasto reagiu e entrou em luta corporal com o jovem, que também agrediu a própria irmã, de 16 anos, que sofre de epilepsia

Publicado em

Na noite da última quarta-feira, 28 de dezembro, uma família pinheirense que mora em Rural Minas viveu momentos de tensão nas mãos de um jovem que foi posto em regime domiciliar pela justiça no início de dezembro. O rapaz resolveu roubar o próprio padrasto e, para isso, agrediu tanto ele quanto sua irmã, de 16 anos, que sofre de epilepsia. Ele foi preso na manhã desta quinta (29) após muita resistência.

A reportagem do JP Agora apurou que o autor do roubo é conhecido no meio policial pela prática de crimes contra o patrimônio e saiu da cadeia, onde se encontrava recolhido por outro roubo, no início de dezembro, quando foi posto em regime domiciliar. Então, na noite de ontem (28), ele abordou o padrasto próximo à casa da vítima, em Rural Minas, e mandou que ele entregasse a carteira.

O homem negou e recebeu um mata leão do enteado, iniciando, neste momento, uma intensa luta corporal entre os dois. Durante o roubo, o rapaz ainda agrediu a própria irmã, de 16 anos, que também estava na residência. Depois de alguns instantes de confusão, o jovem enfim conseguiu pegar a carteira do padrasto e fugiu, levando R$2.000,00 (dois mil reais) em espécie e documentos pessoais da vítima e de sua mãe, os quais também estavam na carteira.

A polícia de João Pinheiro foi comunicada do crime e iniciou rastreamentos, mas o jovem só foi encontrado nesta quinta-feira (29). Ele estava escondido em uma residência do Bairro Cais e foi avistado na rua pelos policiais que foram prendê-lo. O criminoso tentou fugir quando avistou a aproximação das autoridades, mas foi alcançado.

Mesmo diante de vários policiais, o jovem insistia com a resistência e foi preciso o uso da força para contê-lo. Ele e alguns policiais ficaram feridos na ação até que foi, finalmente, algemado e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Filhos da Anarquia
1 mês atrás

Vagabundo

mais artigos