Lázaro teria ameaçado policiais antes de morrer; “Eu vou morrer, mas vou levar vocês”

Lázaro Barbosa foi morto na manhã desta segunda-feira (28/6) na região de Águas Lindas, no Entorno do DF, após troca de tiros com a polícia

Policiais do Grupo Tático Ambiental contaram que Lázaro Barbosa (foto em destaque), 32 anos, teria trocado tiros quando foi localizado por um helicóptero da operação, nesta segunda-feira (28/6), na região de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. “Eu vou morrer, mas vou levar vocês”, teria dito Lázaro, antes do tiroteio

A troca de tiros teria sido contra policiais que estavam no helicóptero. Após Lázaro Barbosa ser morto durante confronto com as forças policiais, na manhã desta segunda-feira, a população do distrito de Girassol, no município de Cocalzinho de Goiás, recebeu a notícia com muito alívio e alegria.

Os policiais que participaram da caçada ao criminoso durante 20 dias foram aplaudidos na base da força-tarefa. As pessoas ainda soltaram fogos em comemoração ao término das buscas ao foragido.

Publicidade
Jantinha Dom Churrasco João Pinheiro - Jantinha com Churrasco

“Estamos felizes demais. Eram 20 dias de angústia. Sem dormir. Preocupados. Eles são guerreiros. Merecem todo o nosso apoio pela dedicação. Agora é hora de comemorar”, disse Larissa Alves, 34, moradora da região.

“Gostaríamos que ele fosse pego vivo. Ele precisava esclarecer os outros crimes. De qualquer forma, estamos aliviados. Esperávamos que fosse capturado o mais rápido possível. Estávamos acuados. Agora teve desfecho”, Cristiane Soares, 39, comerciante da região.

Durante a madrugada desta segunda, câmeras de segurança flagraram Lázaro andando por uma rua perto da casa da ex-sogra, em Águas Lindas. Nas primeiras horas da manhã, agentes cercaram o local. Após a mobilização de cães farejadores e helicópteros, o psicopata foi localizado, mas não se rendeu e abriu fogo contra a guarnição, que revidou.

Lázaro é suspeito de matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43, esposa de Cláudio e mãe das outras vítimas. O crime ocorreu na madrugada de 9 de junho, no Incra 9, em Ceilândia.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias