Leitos de UTI de João Pinheiro que eram exclusivos para a Covid-19 ficam disponíveis para pacientes em geral

Desde o dia 25 de fevereiro, esses novos leitos estão incorporados à Rede de Atenção à Saúde.

Quase 600 novos leitos de UTI foram criados em Minas Gerais para atender os pacientes de Covid-19 durante a pandemia. Com o avanço da vacinação e a redução dos casos e das internações em todo o Estado, o Governo de Minas decidiu desmobilizar os leitos que eram destinados exclusivamente à Covid-19. Desde o dia 25 de fevereiro, esses novos leitos estão incorporados à Rede de Atenção à Saúde.

Isso significa que a saúde em geral terá mais leitos de UTI para atender os pacientes que necessitem de internação em Unidade de Terapia Intensiva. Na região de Patos de Minas, foram criados leitos de UTI para Covid-19 nos municípios de João Pinheiro, Paracatu e Unaí (9 leitos em cada) e 10 leitos no Hospital Regional Antônio Dias.

Esses municípios poderão manter os leitos de UTI Covid-19 para atendimento da população em geral, com financiamento pelo SUS, mas pra isso precisarão atender as normas da Vigilância Sanitária. O prazo para que os municípios se adequem às normas vai até o mês de junho.

No Hospital Regional Antônio Dias, a manutenção dos 10 novos leitos de UTI, que eram exclusivos para Covid-19 e que passarão a integrar a Rede de Atenção à Saúde, depende da FHEMIG. Mantidos, eles vão mais que dobrar o número de leitos de UTI existentes na Unidade de Saúde que é referência para toda a região. Antes da pandemia, o Hospital Regional possuía apenas 9 leitos de UTI.

Mesmo com a desmobilização dos leitos de UTI Covid-19, os pacientes que testarem positivo e precisarem de internação não vão ficar desassistidos. Os hospitais deverão buscar meios de receber os pacientes, preferencialmente em leitos isolados.

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Eu
1 mês atrás

Estranho. O tema fala que a UTI de João Pinheiro está aberta a receber pacientes em geral. Depois o texto cita novamente o nome da nossa cidade e diz que tem até junho para se adequar. Mas afinal, os responsáveis técnicos já atestaram que a UTI covid-19 já é habilitada para ser UTI geral? Quando você fala em rede social sobre um assunto tão importante, é necessário que sejam fatos verídicos, pois sendo verdade a população de João Pinheiro será muito beneficiada. Mas se não for, cria espectativas além de ser errado lançar uma inverdade. Aguardo mais informações e cotação… Leia mais »

Artigos relacionados

Últimas Notícias