Publicidade
Só Vem OdontoCompany - 4000 pinheirenses cuidando do sorriso aqui
Publicidade
InícioMinas GeraisMãe é presa por torturar e espancar filha de 7 anos com...

Mãe é presa por torturar e espancar filha de 7 anos com fio de alta tensão em MG

A criança tinha achado camisinha em casa e pegou para brincar; vídeo mostra menina com boca e nariz sangrando enquanto apanha

Publicado em

Uma mulher de 25 anos foi presa, nesta segunda-feira (13), após ser filmada espancando a própria filha, de 7 anos, com um fio de extensão em Montes Claros, no Norte de Minas. O vídeo foi divulgado nas redes sociais e o ex-marido da mulher, que gravou as imagens, também foi preso.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

No vídeo a mulher aparece bem agressiva e a criança com o nariz e a boca sangrando pedindo para que a mãe não bata nela. A suspeita joga a filha no chão, a puxa pelos cabelos e bate com o corpo da criança na cama. A menina grita muito e a suspeita pede que ela diga a verdade e diz que está cansada de mentiras.

A vítima ainda chora muito e pede ajuda ao homem que está filmando. Ele diz que a menina está mentindo para a mãe e as agressões continuam. A criança fica desesperada tentando se desvencilhar e não consegue. Por fim, ela diz que pegou alguma coisa e que deu para uma outra menina que jogou fora.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

A motivação para o crime, segundo a Polícia Militar, seria o fato da criança ter encontrado camisinhas na casa e pegado para brincar. O vídeo foi gravado por volta de 12h desta segunda-feira (13).

Ex marido usa imagens para chantagear mulher

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

O ex-marido da mulher, usou as imagens para chantageá-la e pedir que eles reatassem o relacionamento. Os dois se separaram há um ano e a suspeita tinha medida protetiva contra o homem. O casal tem outros dois filhos mais novos. A menina agredida é fruto de outro relacionamento da mulher.

O homem contou aos policiais que foi a casa para entregar um leite para seus filhos, mas flagrou a ex agredindo a filha e decidiu gravar as imagens, já pensando em depois usar para pedir a volta do relacionamento. A mulher teve raiva da situação e, na noite da segunda-feira, foi para a casa do homem e começou a chutar o portão dele.

Publicidade

O suspeito acionou a polícia e quando os militares buscaram saber sobre o motivo do desentendimento descobriram o vídeo. Os dois foram presos. A criança foi levada ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade para passar por exames por conta das agressões.Ela ficará aos cuidados de uma tia.

Sozinha com os militares, a menina disse que já tinha sido agredida outras vezes. No entanto depois que teve contato com familiares, ela mudou a versão e disse que foi agredida pela primeira vez, nesta segunda.

Publicidade

A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso. A mulher vai responder por tortura e o homem por tentativa de extorsão. Ambos foram levados ao presídio.

A Delegada Mônica Brandi explicou por meio de nota da assessoria da Polícia Civil que “tortura é uma modalidade penal que pressupõe a prática do ato infligindo um grande sofrimento físico e mental na vítima. Pelo vídeo enviado à PCMG, é  possível comprovar o grande sofrimento vivido pela vítima no momento em que era agredida”, afirmou. Mônica acrescentou que, durante o interrogatório, a mãe disse ter sido primeira vez que agrediu a filha.

Publicidade

“Além de investigar sobre possíveis agressões anteriores, com oitivas de vizinhos, familiares e equipe do Conselho Tutelar da cidade, a Polícia Civil irá providenciar atendimento psicológico para a criança”, informou

FonteO Tempo

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
TRAGO VERDADES
2 anos atrás

Porque esses projetos de pais tem filhos. Se nao quer e so dar pra adoção tem muita gente querendo..

Covardia
2 anos atrás

Essa mulher tem que ser espancada em praça pública!!!!!

Marilda
2 anos atrás
Resposta para  Covardia

Tem que amarrar em praça pública e deixar a população fazer o mesmo.
Sou mãe e fico imaginando como um ser humano tem coragem de tamanha judiação.
O cara que filmou merece o mesmo tratamento.
Repúdio a esse casal

Publicidade

mais artigos