Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioBrasilMédico anestesista preso por estupro de mulher grávida é hostilizado por outros...

Médico anestesista preso por estupro de mulher grávida é hostilizado por outros detentos ao chegar em presídio

Giovanni Quintella Bezerra foi filmado estuprando uma mulher em hospital do Rio de Janeiro

Publicado em

O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra, filmado estuprando uma mulher no hospital do Rio de Janeiro, foi hostilizado por presos ao chegar no Bangu 8 na noite dessa terça-feira (12). Por volta das 21h15, horário em que chegou ao presídio Pedrolino Werling de Oliveira, o Bangu 8, presos começaram a sacudir as grades e a xingar o anestesista. As informações são da Rede Globo.

Publicidade
Lubrificantes em geral na Lubrivaz em João Pinheiro

Bezerra foi levado ao presídio após audiência de custódia, realizada também nessa terça, e cumprirá prisão preventiva. A cadeia recebe presidiários que tenham curso superior, e o médico ficará em uma cela sozinho. Ele ficará preso no mesmo lugar do ex-vereador Dr. Jairinho, que compre pena por envolvimento na morte do enteado.

O médico é investigado por suspeita de ter cometido mais cinco estupros nas unidades em que trabalhou, dentre eles o hospital onde foi flagrado colocando o pênis na boca de uma das pacientes.

Publicidade
Dione Motos em João Pinheiro - Troca de óleo em João Pinheiro

Relembre o caso

O médico anestesista foi preso em flagrante após estuprar uma mulher grávida durante uma cirurgia de cesariana na madrugada do último domingo (10).

Imagens feitas por uma câmera escondida de um celular revelam o momento em que o médico Giovanni Quintella coloca o pênis na boca da paciente, que está desacordada em função das anestesias para passar pela cesariana.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Mulheres da equipe do médico começaram a suspeitar do comportamento do médico, uma vez que o profissional fazia aplicações excessivas de anestesias em mulheres grávidas durante o momento do parto.

Elas tentaram gravar o médico em dois partos anteriores, mas conseguiram filmar apenas o terceiro procedimento do médico naquele plantão. Finalmente, conseguiram flagrar o homem colocando o órgão genital na boca da paciente. O abuso durou cerca de dez minutos.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Irônico
28 dias atrás

Se os presos pegarem ele o resultado será brabo!

Aq e o crime ñ o creme carai
28 dias atrás

Mata esse animal 😾 jack nao tem vez carai
Ou paga seguro ou vai cair no xuxo fdp 😡🤬 jack e sal 🤬☠️

Publicidade
28 dias atrás

Até agora estou tentando entender a legenda

Bruna
27 dias atrás

Os direitos humanos protege esses tipos de pessoas, castração química já!

Publicidade

mais artigos