Mega operação resulta em 7 prisões e na apreensão de armas, munições e mais de 3 kg de drogas em João Pinheiro

60 policiais, entre policiais militares e policiais civis, inclusive de outros municípios, participaram da operação, que contou com apoio aéreo e também do canil de Patos de Minas

A mega operação conjunta da Polícia Militar e da Polícia Civil que movimentou a cidade de João Pinheiro na manhã desta quinta-feira 24 de junho já resultou na prisão de 7 pessoas e na apreensão de armas, munições, mais de 3 kg de drogas, além de várias balanças de precisão, celulares e de um menor infrator. Os itens apreendidos foram encontrados nos diversos endereços dos mandados de busca e apreensão que foram cumpridos.

Logo nas primeiras horas do dia, a grande movimentação de policiais pela cidade já era assunto nas redes sociais do município. Isto porque, o efetivo utilizado na operação foi muito além do normal, contando com 60 policiais, tanto militares quanto civis, inclusive de outras cidades. Ainda, o helicóptero da Polícia Militar veio de Uberlândia para dar apoio à operação, que contou, também, com cães farejadores de Patos de Minas.

Em entrevista concedida minutos atrás, o Delegado Douglas e o Tenente Coronel Luiz Alves apontaram os êxitos da operação e disseram que o objetivo da grande movimentação foi justamente dar uma resposta à altura para a criminalidade, que se mostrou presente no município nos últimos meses com a disputa pelo tráfico de drogas.

Publicidade
Jantinha Dom Churrasco João Pinheiro - Jantinha com Churrasco

“As instituições da Polícia Militar e Polícia Civil estão coesas no trabalho de prevenção criminal e fica o recado para a criminalidade de que nós estamos atentos e, sempre que for necessário, vamos tomar todas as providências para que o crime não ocorra, trazendo tranquilidade da população de bem” apontou o Tenente Coronel Luiz Avles.

O Delegado Douglas apontou que as investigações dos homicídios registrados recentemente em João Pinheiro apontaram a existência de ligação entre eles, além de, aparentemente, terem correlação ao tráfico de drogas praticado no município. Por isso, a Polícia Civil e a Polícia Militar notaram a necessidade de dar uma resposta à sociedade, segundo anotou o Delegado.

“As investigações estão relacionadas com esses crimes que ocorreram recentemente. Eles têm ligação e os inquéritos devem ser concluídos com os novos elementos de prova. Foram mais de 3kg de droga, armas, munições e sete prisões, sendo 5 de mandados e 2 em flagrante delito. No total, 9 mandados de busca e apreensão e 9 mandados de prisões foram expedidos pelo poder judiciário. Sete deles foram cumpridos até o momento” disse o Delegado Douglas na entrevista concedida na Delegacia de Polícia de João Pinheiro.

Com a palavra, o Tenente Coronel Luiz Alves ressaltou, mais uma vez, sobre a importância da ação conjunta das duas polícias para a repressão da criminalidade principalmente depois da eclosão de crimes graves em João Pinheiro, se referindo a onda de homicídios registrados recentemente.

“Existe a conversa diuturna entre Polícia Militar e Polícia Civil na eclosão de fatos mais graves em João Pinheiro, que nos chamou ainda mais a atenção. Assim, chegamos à conclusão da necessidade de darmos uma resposta. Hoje, tivemos policiais não só de João Pinheiro, trouxemos policiais de Unaí, Paracatu, Patos de Minas, aeronave de Uberlândia, cães farejadores de Patos de Minas. Demonstramos, mais uma vez, que temos estrutura para dar resposta sempre que necessário porque os órgãos de segurança trabalham de forma integrada. Todas as polícias trabalham para combater a criminalidade.”

Ao final da entrevista, o Delegado Douglas disse que os inquéritos policiais deverão ser concluídos em 30 dias, depois da finalização dos exames técnicos de todas as provas e a individualização das condutas dos investigados.

O JP Agora seguirá acompanhando o caso. Mais informações em breve.

9 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


9 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Bolsonaro
5 meses atrás

Bandido bão é Bandido Morto ???

DELTON
5 meses atrás

ruim da operacao e que nao pode por os nomes dos presos………………….

Um anjo do céu
5 meses atrás

Deixaram os verdadeiros patrões de fora, Zé Raimundo, clebao e companhia. Pegaram só peba.

Grampão
5 meses atrás
Resposta para  Um anjo do céu

O gordin tbm ficou fora

Beni
5 meses atrás

Dinovo Paulo Yuri…

Danilo gentille
5 meses atrás

Paz a todos

Paulo Henrique de Oliveira
5 meses atrás

??

Renata Melo
5 meses atrás

parabéns

José
5 meses atrás

Vix já nao tava tendo droga boa. A crise chegou pior do que já estava

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias