27.7 C
João Pinheiro
sábado, março 6, 2021

Menina de 10 anos estuprada pelo padrasto está grávida de gêmeos em Minas Gerais

Criança contou que abusos começaram há quatro anos. Gestação de três meses será interrompida em hospital de Governador Valadares

A menina de 10 anos, que está internada em Governador Valadares para ser submetida a um procedimento médico para interromper a gravidez, está grávida de gêmeos. Ela foi estuprada pelo padrasto, que está foragido. A menina está no terceiro mês de gestação.

No hospital, ela está acompanhada da mãe e recebendo apoio das assistentes sociais, que têm dado o suporte para que ela vença esse momento difícil da vida.

A gravidez da criança foi descoberta pela mãe, que notou uma anormalidade no ciclo menstrual da filha, que estava muito atrasado. Em conversa com a criança, a mãe soube que ela havia sido estuprada pelo padrasto. Juntou algum dinheiro para fazer um exame de ultrassom e comprovou que a filha estava, de fato, grávida.

Ao pressionar o companheiro para que ele confirmasse ter praticado o crime contra a filha, a mulher foi espancada. A mãe da menina também está grávida. Revoltada, foi à delegacia da Polícia Civil e fez a denúncia dupla, do estupro e da agressão.

A delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, Adeliana Xavier, está acompanhando o caso e tem falado com a mãe da criança no hospital. A delegada já determinou que policiais localizem e prendam o homem.

Abusada desde os 6 anos

Segundo Adeliana Xavier, a menina contou que era estuprada pelo padrasto desde os 6 anos e que ultimamente os abusos se tornaram frequentes – o último foi em 7 de janeiro.

O caso da menina de Governador Valadares é parecido com o de duas meninas (de 11 e 10 anos) do Espírito Santo, que foram violentadas e engravidaram, no ano passado.

O caso que causou maior polêmica foi o da menina de São Mateus, ES, que teve de passar pelo procedimento médico de interrupção da gravidez, com autorização judicial.

4 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Vingador
1 mês atrás

Ou em um caso desse não poderia ter perdão ,tem que pegar e executar sem dó e piedade , esse vagabundo tem que ser executado,não só ele como todos que cometem esses crimes .

Tamburete
1 mês atrás

Pena de Morte no Brasil, já.

Betânia
1 mês atrás

Eu não entendo , que tipo de cuidados uma criança dessa está recebendo em casa, no seio familiar . Ninguém vê , ninguém desconfia … Essas mães que qualquer homem serve pra ser marido, pra morar dentro de casa quando já se tem criança dentro deste lar , AFF! E um demônio desse ainda tem defesa, tem direitos… Pelo amor de Deus! É muito ruim ler uma notícia dessa, sabendo que amanhã tem mais uma,depois outra , e depois…..

Elizabete coimbra vaz
1 mês atrás

Que tristeza meu deus

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias