Publicidade
Só Vem OdontoCompany - 4000 pinheirenses cuidando do sorriso aqui
Publicidade
InícioDestaqueMulher é encontrada morta com sinais de violência em Brasilândia de Minas;...

Mulher é encontrada morta com sinais de violência em Brasilândia de Minas; marido é o principal suspeito

Suspeito foi visto estrangulando a vítima momentos antes do corpo ser encontrado e trajava roupas sujas de sangue

Publicado em

O corpo de uma mulher de 43 anos de idade foi encontrado pela Polícia Militar na manhã da última quinta-feira (10) no Bairro Bela Vista, em Brasilândia de Minas. A mulher apresentava sinais de violência e a perícia foi acionada. Horas mais, o marido foi preso como principal suspeito do feminicídio.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A reportagem do JP Agora apurou, com exclusividade, que o corpo de Vanderlice Norberto Antunes, 43 anos, foi encontrado na casa onde ela vivia com seu amásio Samuel Luiz Vaz Silva, localizada na Rua Benjamim dias Pereira, Bela Vista. O caso começou a ser tratado como encontro de cadáver, mas logo os militares constataram possíveis sinais de violência. Então, a perícia da Polícia Civil foi acionada.

Realizados os trabalhos, os peritos constaram a situação de morte violenta, evidenciada pela presença de sangue nas roupas de cama, lesões na boca e na face de Vanderlice, hematomas nas costas e braços, grande quantidade de fios de cabelo arrancados e um corte na região do crânio. Diante dos fatos, a PM iniciou os trabalhos preliminares de investigação.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

O amásio de Vanderlice não estava na casa no momento da chegada da polícia, mas ele foi localizado nas proximidades da residência. Samuel Luiz Vaz Silva, 48 anos, foi questionado a respeito da morte da esposa e logo entrou em contradição. Segundo apurado pelo JP Agora, primeiro ele disse que Vanderlice fez uso de bebida alcoólica e sofreu uma queda após o banho. Depois, afirmou que ela havia morrido em decorrência de uma briga com outra mulher.

Por fim, Samuel sustentou a versão de que Vanderlice, ele e outros amigos estavam bebendo na residência e que as visitas foram embora por volta das 19 horas, quando a vítima foi para o banho e sofreu uma queda. Samuel disse, ainda, que pegou a mulher no chão e a colocou na cama e só foi perceber que estava morta na manhã seguinte.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Testemunha viu o marido estrangulando a vítima

A Polícia Militar ouviu, também, uma das pessoas que estava na residência fazendo uso de bebidas alcoólicas. O homem contou para os militares que esteve no local junto com sua esposa bebendo com o casal Vanderlice e Samuel e que foram embora às 16:30 horas. Então, retornou às 17 e avistou Samuel tentando estrangular Vanderlice com uma camiseta rasgada.

Diante da cena, a testemunha pediu que o suspeito não fizesse nenhuma barbaridade, mas foi expulso da residência. A versão apresentada pelo homem foi recebida pela PM com zelo, apontando que Samuel seria o autor do feminicídio, o que ficou ainda mais corroborado pelo fato de que sua camisa estava suja de sangue.

Publicidade

Então, diante da versão da testemunha e dos demais elementos colhidos pela PM, Samuel foi preso em flagrante pelo crime de feminicídio, sendo levado até a Delegacia de Polícia Civil para demais providências.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos