27.4 C
João Pinheiro
quarta-feira, janeiro 27, 2021

Mulher que passou 38 anos como escrava em Patos de Minas vive natal inédito após libertação

A mulher que viveu 38 anos sem salário e sem direitos trabalhistas contou ao Fantástico sobre como foi o natal

Madalena Gordiano voltou a ser assuntou nacional na noite deste domingo (27). A doméstica que viveu 38 anos sem salário e sem direitos trabalhistas contou ao Fantástico sobre como foi o Natal. Montando uma árvore natalina, ela disse que essa foi a primeira vez que havia feito o enfeite “já que a outra família não permitia”.

A reportagem mostra Madalena conversando com o repórter, Marcelo Canellas, do programa da Rede Globo. Ela diz que foi a primeira vez que havia enfeitado uma árvore de natal e que também teria conhecido o Papai Noel. “Tirei uma foto com ele”, disse. A ceia de natal aconteceu na casa da assistente social que a auxilia nesse momento pós-resgate.

Com uma roupa nova, Madalena também falou que havia comprado um vestido novo e o repórter menciona “o dinheiro dela, no qual ela não podia mexer”. A Assistente Social diz que a intenção é deixá-la agora sujeita de direitos para que ela possa construir a própria história, já que passou 38 anos dos seus 46 anos em situação análoga à de escravidão.

Madalena foi resgatada da casa da família do professor universitário Dalton Rigueira, no Centro de Patos de Minas. No olhar de Madalena Gordiano é possível enxergar as marcas de alguém que perdeu a infância, a adolescência e grande parte da vida adulta. De presente de Natal, ela recebeu sua primeira boneca.

Ela tinha 8 anos quando bateu na porta de uma casa para pedir um pedaço de pão. Na ocasião, a dona da casa, Maria das Graças Milagres Rigueira, mãe de Dalton, se negou a dar o alimento e falou que iria adotar a menina. A mulher, que é professora, adotou Madalena e, dali em diante “quase da família”, viveu por mais de três décadas.

A história de Madalena foi assunto nacional e ganhou repercussão até internacionalmente. Um dos maiores jornais da Terra, The Guardian, também reproduziu a matéria que deixou a população de Patos de Minas chocada. A modelo patense Gabriela Versiane, namorada do cantor Kevinho, também falou sobre o assunto espantada dizendo que chegou a ver Madalena na residência, onde mora a amiga, filha de Dalton, mas não percebeu a situação em que ela vivia.

4 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
DEUS
2 dias atrás

pra mim ela é uma oportunista, devia agradecer, podia ter morrido de fome!

Geraldo
30 dias atrás

Uma Pessoa passar trinta e oitos anos sem comunicação conversa pra bou doemir.

Brian Epstein Campos
25 dias atrás
Resposta para  Geraldo

Concordo com o senhor, sou o advogado dessa família e tudo é mentira nesta história. Meus clientes são uma família branca de cidadãos de bem e faziam o favor de dar casa, comida e um teto para uma criatura de casta inferior. E ela agradece com vitimismo. Os comunistas estão por trás disso, querem destruir a hierarquia social. Basta!

Andra
2 dias atrás
Resposta para  Geraldo

Concordo com vc. Mto mal contada essa história, ela é nova! Estranho….

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias