Publicidade
Atendimento emergencial OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioPoliciaisMulher tem 20% do corpo queimado após ataque com coquetéis molotov em...

Mulher tem 20% do corpo queimado após ataque com coquetéis molotov em Patos de Minas

O crime aconteceu em uma casa no bairro Vila Garcia em Patos de Minas

Publicado em

Uma jovem, de 19 anos, foi levada para o Hospital Regional Antônio Dias em estado grave na manhã deste domingo (02) após um ataque com coquetéis molotov. O crime aconteceu em uma casa no bairro Vila Garcia em Patos de Minas. A Polícia Militar faz rastreamentos para prender o autor da tentativa de homicídio.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

A Polícia Militar foi acionada para comparecer no Hospital Regional onde a vítima deu entrada na manhã deste domingo (02). Ela estava consciente e contou aos policiais como o crime aconteceu. A jovem disse que ocorreu uma festa em sua casa no bairro Vila Garcia, onde várias pessoas faziam uso de bebida acóolica.

Por causa dessa festa, a mulher chegou a ser levada para a Delegacia por Perturbação de sossego. Ela disse que, após retornar para casa, foi surpreendida por um homem, identificado como Valdinei, que chegou ao local e arremessou dois coquetéis molotov no corredor da residência, levando pânico às pessoas que estavam no local.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

Ela tentou correr e fugir na garupa da moto do namorado, mas escorregou e caiu. Nesse instante, o homem jogou gasolina sobre ela e ateou fogo. A jovem teve queimaduras de terceiro grau nos membros superiores, membros inferiores, quadril e tórax, totalizando cerca de 20% do corpo. Ela também sofreu queimaduras menos graves em outras partes do corpo.

Uma testemunha informou à Polícia Militar que o suspeito de ter cometido o crime estava na festa mais cedo bastante exaltado e procurando confusão. Outra testemunha disse que ele falou que apanhou e que queria se vingar. A motivação do crime, no entanto, ainda será alvo de investigação.
Valdinei não foi localizado. O irmão da vítima, que teria organizado a festa, também não foi encontrado. No local, a perícia da Polícia Civil encontrou desordem, roupas queimadas e as garrafas usadas para fazer o coquetel molotov. A Polícia Militar segue fazendo rastreamentos para tentar localizar o suspeito de ter cometido o crime.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos