InícioCidadeNúmero de casos de dengue em João Pinheiro volta a subir e...

Número de casos de dengue em João Pinheiro volta a subir e estatística coloca MG na ponta do ranking nacional

Com média de 7,8 mil diagnósticos atestados por semana, estado é o primeiro em números absolutos de doentes e o 3º na taxa de infectados por 100 mil habitantes

Publicado em

O número de casos de dengue confirmados na cidade de João Pinheiro voltou a subir, passando de 28 para 36. O aumento foi registrado em todo o Estado de Minas Gerais e a situação já é tratada como epidemia pelas autoridades, já que a nova atualização coloca Minas no topo do ranking nacional de casos.

Considerando a incidência da doença, Minas Gerais perde apenas para o Distrito Federal e Acre. No entanto, em números absolutos, o estado lidera o ranking nacional, uma vez que o número de casos, segundo o boletim divulgado pelo Painel de Monitoramento de Casos de Arboviroses do Ministério da Saúde, ultrapassou os 39 mil, sendo mais de 15 mil só no intervalo entre o dia 28 e 05 de fevereiro.

Em João Pinheiro, o aumento repentino de casos levanta preocupações sobre a propagação não notificada da doença. A situação exige ação imediata das autoridades locais e conscientização da população sobre medidas preventivas, como eliminação de criadouros do mosquito e atenção aos primeiros sinais e sintomas da doença.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Pinheirense
19 dias atrás

Tem muito morador de João Pinheiro que não preocupa. Não cuida. Não está nem aí. Acha que a Prefeitura de e evitar a dengue. Acha que os vizinhos devem cuidar. Até ser infectado. Tem uns que depois que adoece aprende a lição. Infelizmente tem outros que nem adoecendo ou vendo alguém de sua casa doente, muda de atitude. A principal causa desse mosquito se reproduzir tanto e matar tanto é a falta de cuidado humano

Trabalhador JP
19 dias atrás

Se fosse na época do Bolsonaro, seria chamado de Genocida! Agora a imprensa militante fica calada! Cadê a Vacina LULE?