Pinheirense perde R$ 15 mil em golpe ao tentar comprar caminhão pela internet em João Pinheiro

A modalidade do golpe tem se tornado cada vez mais frequente na região de João Pinheiro e Brasilândia de Minas

Apesar de ter se tornado presença quase que semanal nos noticiários de todo o Brasil, o golpe do falso vendedor de veículo fez mais uma vítima em João Pinheiro na última sexta-feira (09). Somente na última semana, outras duas pessoas foram vítimas no município e prejuízo total ultrapassa R$50.000,00 (cinquenta mil reais).

A reportagem do JP Agora apurou que o filho da vítima encontrou o caminhão Mercedes 1113 anunciado na internet. Em contato com o suposto proprietário, descobriu que o veículo era de Ribeirão das Neves – MG e que ele estava pedindo R$30.000,00 (trinta mil reais). Então, em contato telefônico, o estelionatário passou todas as informações do caminhão e pediu R$15.000,00 (quinze mil reais) adiantados.

Convencida pela história do larápio, a vítima fez uma transferência bancária de R$15.000,00 (quinze mil reais) para a conta apontada pelo estelionatário, que pertence a Jéssica F Barros, localizada em Cuiabá – MT. Depois que recebeu o dinheiro, o próprio criminoso contou para a mulher que se tratava de um golpe. O caso foi registrado para providências futuras.

Publicidade
Supermercado Líder - Corrida Premiada

Golpe não é novo, mas continua fazendo vítimas em João Pinheiro

A modalidade de estelionato em questão tem se tornado cada vez mais frequente em João Pinheiro. O criminoso aproveita da ingenuidade das vítimas para convencê-las de que é o proprietário do veículo, sempre anunciado pela internet, ou que se trata de um intermediador do negócio. Neste segundo caso, a audácia é ainda maior, já que o larápio entra em contato com o real proprietário e com o possível comprador.

A falsa intermediação do negócio foi aplicada duas vezes na última semana em João Pinheiro. Em ambos os casos, o real proprietário e o comprador do veículo se encontraram pessoalmente, mas, mesmo assim, não desconfiaram da ação do estelionatário e depositaram os valores nas contas indicadas por ele, descobrindo que se tratava de golpe somente depois.

No primeiro caso, uma pinheirense negociou um VW Gol ano 2009 com o estelionatário. Avançadas as conversas, ela se deslocou até Paracatu – MG para se encontrar com o real proprietário do veículo e transferiu o dinheiro para a conta indicada pelo criminoso, que enviou um falso comprovante de depósito para o dono, o qual, por sua vez, descobriu que o dinheiro não havia caído em sua conta dias depois, quando a pinheirense já havia, inclusive, trazido o carro para João Pinheiro.

Dois dias depois que o primeiro caso foi noticiado à polícia, outro pinheirense foi vítima do mesmo golpe e perdeu R$30.000,00 (trinta mil reais). Ele anunciou seu caminhão Ford F4000 no MarketPlace do Facebook por R$51.000,00 (cinquenta e um mil reais). Então, no dia 2 de julho, o estelionatário entrou em contato, disse que compraria o veículo e pediu que o anúncio fosse retirado do ar, sendo este o primeiro passo do estelionato.
Então, o pinheirense, acreditando na conversa do larápio, retirou o anúncio do ar. Na sequência, o criminoso anunciou o veículo também no Market Place por R$30.000,00 (trinta mil reais) e encontrou a segunda vítima, um homem de 59 anos de Araguari/MG, que se interessou no ótimo negócio oferecido pelo estelionatário, que passou a intermediar o negócio.

O criminoso identificou-se como Júlio César e marcou um encontro em João Pinheiro entre o pinheirense e a segunda vítima. Os dois se encontraram, o caminhão foi apresentado e o negócio, então, tinha tudo para ser fechado. O comprador, no entanto, efetuou o pagamento de R$30.000,00 (trinta mil reais) para a conta apontada pelo estelionatário, que, por sua vez, fez um falso depósito para o vendedor.

Ao receber o comprovante do falso depósito, o pinheirense e o comprador reconheceram a firma da transferência de propriedade e, somente depois disso, notou que o depósito não havia caído em sua conta. Neste momento, foi constatado o golpe. Os dois procuraram a polícia e registraram uma ocorrência, mas, a essa altura, o criminoso já havia bloqueado ambos.

O elevado número de estelionatos registrados serve como alerta para a população, já que os criminosos estão cada vez mais espertos, conseguindo ludibriar duas pessoas ao mesmo tempo e sempre com muito valor envolvido. Por isso, redobre a atenção ao negociar qualquer coisa pela internet.

2 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Tiãozim
4 meses atrás

Como tem gente burra nesse mundo

Moto boy
4 meses atrás

Como que um burro desse deu conta de juntar 15 mil ?depositar dinheiro na conta de um pessoa que nem sabe quem é. Ouuuu João Pinheiro veio . Trem tá fácil mamata de mais kkkk

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias