Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioCidadePolícia Civil apura se mulheres foram vítimas de feminicídio ou homicídio em...

Polícia Civil apura se mulheres foram vítimas de feminicídio ou homicídio em Varjão de Minas

Ao contrário do que muitos pensam, o feminicídio não é caracterizado somente pelo fato da vítima ser mulher

Publicado em

Os últimos dias foram marcados por crimes de violência contra a mulher, na região. Foram registrados quatro casos, sendo dois em Varjão de Minas, um em Carmo do Paranaíba e um em Patos de Minas.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Em Varjão de Minas, um homem, Vilmair Nogueira de Jesus de 36 anos, esfaqueou a ex-companheira, Luciene Luiz Camargos de 41 anos, e logo após tirou à própria vida. Eles estavam separados há 2 meses. A delegada de crimes contra a vida, Hionara Araújo Pimentel, explicou, em entrevista à uma radio, informou: “A gente aguarda a conclusão para efetivamente termos a certeza de que tratou-se de um feminicídio. De acordo com as circunstâncias até o momento foi um fato comprovado (feminicídio), vamos aguardar a formalização.”

Um dia depois desse ocorrido, após buscas para encontrar uma mulher desaparecida, um homem, Jean de 31 anos, confessou ter matado Neuza Julia de Oliveira Silva de 54 anos usando um macaco hidráulico. O motivo, segundo ele, foi por ter “perdido a cabeça” após ela se negar manter relações sexuais.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

Apesar da vítima ter mantido relações sexuais com o suspeito, o caso está sendo tratado como homicídio qualificado. “Foi atuado a príncipio pelo homicídio qualificado, e também pelo crime de ocultação de cadáver. As investigações irão continuar para chegar a uma conclusão para ver se tratou de um feminicídio ou um homicídio qualificado” afirmou a delegada Hionara Araújo Pimentel.

O feminicídio é o homicídio praticado contra a mulher em decorrência do fato de ela ser mulher (misoginia e menosprezo pela condição feminina ou discriminação de gênero, fatores que também podem envolver violência sexual) ou em decorrência de violência doméstica.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos