Polícia Militar resolve rixa nas Lages e impede homicídio de jovem de 22 anos em João Pinheiro

O desafeto da vítima continuou com as ameaças mesmo depois que foi preso

Por muito pouco uma rixa entre jovens em um bar no Distrito das Lages, zona rural de João Pinheiro, não termina em tragédia na madrugada desta quarta-feira (16). A Polícia Militar sobre do ocorrido antes que as ameaças se concretizassem. Dois jovens foram presos.

Segundo apurado pelo JP Agora, as vítimas contaram que o desentendimento começou quando Daniel Aparecido de Souza, 21 anos, entrou em um bar e pediu para jogar sinuca, quando então foi informado pela proprietária do estabelecimento que ele teria que pagar para poder jogar. O jovem não teria gostado e começou ameaçar matar a mulher, até que, sem motivo aparente, passou a agredir outro jovem que estava no balcão, que reagiu às agressões e os dois começaram a brigar.

A briga terminou e Daniel saiu do bar. Minutos depois, ele retornou armado com uma faca e acompanhado de Elisio Vieira de Almeida, 27, que por sua vez estava armado com uma espingarda cartucheira. A dupla passou a ameaçar novamente tanto a mulher quanto o jovem que havia se envolvido na briga.

Publicidade
Barca de Churrasco - Dom Churrasco - Valor R$ 60,00

Temendo por suas vidas, a dona do bar e o jovem fugiram do local. Então, os suspeitos Daniel e Elisio entraram na residência das vítimas, pegaram algumas peças de roupas e colocaram fogo no meio da rua. A polícia foi acionada, soube da situação e começou a fazer buscas pelos suspeitos, conseguindo localizá-los no alojamento onde o jovem ameaçado mora. Daniel ainda estava armado com a faca e a espingarda do relato foi encontrada carregada junto aos pertences de Elisio.

Daniel e Elisioforam presos em flagrante e encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil. Mesmo na presença dos policiais, Daniel não se conteve e continuou ameaçando o outro jovem. Ele chegou a dizer que “resolveria o problema quando saísse da prisão e sumiria no mundo.” O caso foi registrado como ameaça e lesão corporal e será apurado pela polícia judiciária.

6 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


6 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
D DIACONO
5 meses atrás

Mas essa vila também é uma bagunça.
Nunca vi lugar com tanta putaria igaul la.
Os homens temendo ser corno tão mudando tudo pra João Pinheiro, pq sai pra trabalhar e as mulher taca chifre nas cabeças deles

Zulema Vis
5 meses atrás
Resposta para  D DIACONO

Verdade

Lay
5 meses atrás
Resposta para  D DIACONO

Eu em desde quando mudar de um lugar para o outro vai mudar alguma coisa .se a pessoa não tiver compromisso pode mudar pro outro lado do mundo que vai trair .carater e carater seja onde estiver .

D DIACONO
5 meses atrás
Resposta para  Lay

Difícil é o corno manso entender isso.
Ja cansei de falar com eles fica na Vila que vcs sabe quem que come as suas mulheres, se mudar pra JP fica mais difícil de saber

Geraldo
5 meses atrás

Poi bagunça nisso

Camboge
5 meses atrás

Lugar ja foi tranquilo
Agora e so desordem

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias