Prefeito Edmar Xavier anuncia reajuste de salários dos servidores municipais; parte da revisão já vale para fevereiro

Em razão do momento de pandemia, os reajustes serão divididos em dois momentos

O Prefeito Municipal de João Pinheiro anunciou ontem, segunda-feira 24 de janeiro de 2022, que encaminhou para a Câmara Municipal o projeto de lei que trata do reajuste salarial dos servidores municipais. A expectativa é de que ele seja aprovado, concedendo aos servidores os reajustes que podem chegar a até 20.9%. As correções acontecerão em dois momentos. Entenda.

Edinho iniciou a live em seu FaceBook relembrando que os reajustes salariais estavam suspensos em razão de uma lei federal editada pelo Presidente da República. Assim, conforme havia prometido, com o fim da vigência da referida lei, já na primeira reunião do legislativo pinheirense, os vereadores votarão a respeito do reajuste, o qual abrangerá todos os servidores municipais.

O chefe do executivo relembrou, ainda, que os reajustes se relacionam aos anos de 2019, 2020 e 2021, com exceção dos professores, os quais ainda não tiveram a correção de 2021. Em razão da pandemia, Edinho explicou que as correções acontecerão em dois momentos, mas a primeira já será sentida pelos servidores no próximo mês.

“Estamos passando por um momento de dificuldade, então vamos dividir em dois momentos os aumentos porque são aumentos significativos. Entendemos que as pessoas perderam o potencial de compra e vamos tentar amenizar isso” pontuou Edinho.

Assim, ainda de acordo com o projeto de lei que será votado pela Câmara Municipal de João Pinheiro na próxima reunião, os professores receberão reajuste de 17% já em fevereiro, ao passo que os demais servidores receberão 20.9%, divididos em 11% no próximo mês e o restante em outubro.

A cesta recebida pelos operários e garis também serão reajustadas. O projeto de lei será votado na próxima reunião legislativa e o JP Agora seguirá acompanhando o caso. A expectativa é de que ele seja aprovado por unanimidade.

2 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Parabens
3 meses atrás

É rir pra não chorar.
Professores sempre se lascando primeiro.
Pra tentar reajustar de prefeito, vice, secretarios e vereadores foi uma agilidade sem igual. agora dos funcionários agora q vai reajustar de 2019? pqp

Jorge
3 meses atrás
Resposta para  Parabens

Professor ja ta de férias a tres anos ficando em casa recebendo p dormir e ainda ta querendo aumento vai trabalhar

Artigos relacionados

Últimas Notícias