Prefeitura volta a decretar “lei seca” em Patos de Minas para conter a propagação do coronavírus

A medida excepcional é para impedir a propagação do coronavírus em Patos de Minas

O Prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão, voltou a publicar um decreto com proibição de venda, fornecimento, distribuição e compra de bebidas alcoólicas no município. O decreto 5011 desta sexta-feira (12) terá validade de 7 dias. A medida excepcional é para impedir a propagação do coronavírus em Patos de Minas. O decreto está em vigor.

Embora proibida a venda, os estabelecimentos de quaisquer natureza terão até as 9h00 deste sábado (13) para retirarem os produtos da prateleiras ou expositores ou promoverem o isolamento do estoque.

A atividade ou estabelecimento onde ocorrer o ato de descumprimento das medidas disciplinadas pelo decreto estará sujeito às penalidades administrativas previstas na legislação. As denúncias podem ser feitas por qualquer cidadão para a Ouvidoria Municipal através do aplicativo patosconectado ou pelo Whatsapp (34) 3822-9601.

Publicidade
Dom Churrasco em João Pinheiro - Barca de Churrasco e Jantinha

A medida foi deliberada em reunião do Comitê Municipal de Combate à Covid-19 e publicada nesta sexta-feira (12/3), na edição 348 do Diário Oficial do Município (extraordinária III). Veja o decreto 5011 na íntegra!

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Carlos
10 meses atrás

Pode voltar em João pinheiro tamben

Artigos relacionados

Últimas Notícias