Presídio de João Pinheiro tem um infectado com Covid-19; Uberaba e Patos de Minas passam por novo surto

Dados foram divulgados pelo Portal G1

A Unidade Prisional de João Pinheiro está com um interno infectado com Covid-19. Ao todo, até esta sexta (28), 6 unidades prisionais das três regiões tinha 84 detentos infectados. Uberaba e Patos de Minas passam por um surto.

As informações foram confirmadas pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) nesta sexta-feira (28). Mesmo com o número de infectados, o órgão esclareceu que nenhum dos casos é considerado grave e que “os detentos estão isolados, dentro da própria unidade prisional, em alas separadas, e passam por atendimento médico”.

Em Uberaba, há 43 infectados pela doença. Enquanto em Patos de Minas, o número é de 36. Outras quatro unidades também apresentaram casos confirmados. Confira:

• Presídio de Sacramento: 3 infectados;
• Presídio de Araxá: 1 infectado;
• Presídio de Santa Vitória: 1 infectado;
• Presídio de João Pinheiro: 1 infectado.

Isolamento dos detentos

Em casos de sintomas, há um procedimento de isolamento de quarentena – de 14 dias – e há uma avaliação médica antes de qualquer liberação. Os testes ocorrem, principalmente, em situações de casos suspeitos.

Visitas suspensas

As visitas nas unidades prisionais administradas pelo Departamento Penitenciário de Minas Gerais (Depen-MG) seguem as orientações do Plano Minas Consciente, do Governo Estadual, de acordo com a classificação de cada região. Conforme rege a Resolução Conjunta 13/2021, assinada pela Sejusp, TJMG, Defensoria Pública e Ministério Público de Minas Gerais, quando houver declaração de surto na unidade prisional pelo órgão de Saúde do município as visitas devem ser suspensas.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

Últimas Notícias