Retorno às aulas presenciais em Minas Gerais será obrigatório apenas para rede estadual

A Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) determinou a retomada obrigatória de alunos às atividades escolares presenciais a partir de 3 de novembro. A decisão, porém, vale para toda a rede estadual. Enquanto para as escolas municipais e privadas, prevalecerá a autonomia da cada prefeitura.

O anúncio foi feito na semana passada, após uma reavaliação do Centro de Operações de Emergência de Saúde (COES), da SES-MG, que além de definir o retorno presencial obrigatório, também revogou a distância de 90 centímetros entre alunos nas salas de aula e nos demais espaços escolares, bem como no transporte escolar. As mudanças constam na 6ª edição do Protocolo sanitário de retorno às atividades escolares.

Porém, permanecem vigentes as demais recomendações sanitárias, como o uso correto de máscaras cobrindo boca e nariz por todos, lavagem de mãos, etiqueta respiratória e a limpeza e manutenção frequente das instalações, bem como o rastreamento de contato com pessoas infectadas por Covid-19 em combinação com isolamento e quarentena.

Publicidade
Jantinha Dom Churrasco João Pinheiro - Jantinha com Churrasco

A única exceção do retorno compulsório é para estudantes com condição de saúde de maior fragilidade à Covid-19, comprovada com prescrição médica para permanecer em atividades remotas.

Para a secretária de Estado de Educação, Julia Figueiredo Goytacaz Sant’Anna, a possibilidade de retorno de todos os alunos às salas, é consequência de um trabalho que vem sendo realizado desde junho.

“A rede estadual de ensino de Minas Gerais vem realizando um processo de retomada das atividades presenciais nas escolas, de forma muito segura e consciente, e a melhora constante dos índices epidemiológicos e a ampla vacinação dos profissionais da educação e dos adolescentes nos traz muita tranquilidade de dar este novo passo. Entendemos que a volta de todos os alunos para as escolas é fundamental para o fortalecimento do processo de aprendizagem e do vínculo com a escola, atuando de forma ainda mais efetiva para reduzir as defasagens no ensino e a evasão escolar dos nossos estudantes”, afirma.

“A Secretaria de Educação vai dar todas as orientações necessárias aos gestores escolares para que eles informem às famílias, aos estudantes, professores e demais servidores das escolas como se dará essa nova etapa da nossa retomada presencial”, completa a secretária.

2 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João
1 mês atrás

Já passou da hora de voltar todas as redes.

Pele
1 mês atrás

Só espero os professores não entrarem em greve ,adoram uma greve .

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias