‘Valdirão’ morre vítima de câncer em João Pinheiro

Waldir Xavier de Faria, ou simplesmente Valdirão, era uma figura icônica e querida por todos na cidade

A cidade de João Pinheiro perdeu na noite de ontem (18) um de seus filhos mais icônicos. Sempre alvo de polêmicas, Waldir Xavier de Faria, o famoso ‘Valdirão’, lutava contra o câncer em casa desde setembro e já estava bastante debilitado.

Em julho de 2020, Waldir foi encaminhado para Uberaba já com o diagnóstico de câncer maligno no seio da face. Por lá, fez 35 sessões de radioterapia e foi liberado para continuar o tratamento em casa em setembro. Infelizmente, seu caso não comportava cirurgia.

Alimentando-se através de uma sonda em razão do tumor na face, ‘Valdirão’ foi ficando mais debilitado com o passar do tempo, ao passo em que os tumores também se multiplicavam, até que ontem, por volta das 22 horas, ele descansou.

Publicidade
Supermercado Líder - Corrida Premiada

Trajetória polêmica, trabalho e dependência química

‘Valdirão’ conseguia ser querido por todos por onde passava em João Pinheiro, mesmo estando sob efeito do álcool quase que constantemente, o que não o deixava menos gente boa, amigo e uma figura respeitável.

Isso porque o vício o controlava de tempos em tempos, como ele mesmo gostava de dizer. Quem o conheceu sabe que ele era de uma opinião sem igual: quando resolvia parar de beber e de usar drogas, passava meses assim.

Enquanto sóbrio, era um profissional fora da curva. ‘Valdirão’ foi um dos primeiros a se especializar em pisos de granitina em João Pinheiro e, por isso, era tido como o melhor do ramo. Infelizmente, a dependência o levava de volta às drogas tempos depois.

E isso era o diferencial que o fez conhecido e querido em toda a cidade. Sua personalidade, caráter, seu empenho no trabalho e sua força de vontade não deixavam o vício falar por ele e, mesmo sob o efeito dos entorpecentes, conseguia ser respeitado por onde passava.

‘Valdirão’ é a prova de que as drogas não definem a pessoa. Sem dúvidas que trazem muito sofrimento tanto para o usuário quanto para a família e é um mal que deve ser combatido, mas é importante que se tenha em vista justamente isso: o problema é o vício, a doença, ou seja, o problema não é o usuário.

O câncer venceu mais uma batalha, mas com certeza a vítima da vez não será esquecida. Com esta pequena homenagem, o JP Agora presta as condolências à todos os familiares e amigos de Waldir Xavier de Faria. Que Deus em sua infinita misericórdia traga conforto a todos os corações.

21 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


21 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Mãe de aluno
11 meses atrás

Descanse em paz Valdirao.Foi muito bem cuidado nesse final de vida,pela sua família, principalmente pela sua irmã Cida,que esteve com ele até o último momento,ainda quando não estava acamado,presenciei a Cida dando voltinha com ele na cadeira de rodas,com toda paciência.

ernesto
11 meses atrás

Parabéns pela homenagem. Mais as vezes a pessoa precisa morrer pra gente ver q ela faz a diferença. Descanse em paz Valdirao.

Fábio Araújo Souza
11 meses atrás

Cara extraordinário de bom coração eu gostava muito dele eu trabalhei no posto José Rabelo muito tempo e sempre ele passava por lá eu gosto muito desse cara que só deixa saudades descanse em paz amigo que Deus dê um bom lugar pra vc vc sempre vai ser lembrado aqui na terra e por todo lugar

G R S
11 meses atrás

Que Deus console todos os corações dos familiares e amigos, meus sentimentos!

Pe de cana
11 meses atrás

Cara ímpar ….com seu borrão que era sua marca registrada ……whauuuu….vai com Deus amigo…..só quem o conheceu sabe….o quanto era querido …..as vezes aprontava…mais era um cara gente boa

Galo Doído
11 meses atrás

Grande pessoa, que Jesus Cristo de o conforto a família e descansce em paz Valdirão.??

Trabalhador
11 meses atrás

Belo texto e homenagem

Tiago Porto
11 meses atrás

Descanse em paz amigo

Vá em paz.
11 meses atrás

Que Nossa Senhora o conduza aos braços do Pai.
Realmente ele recebeu todo amor de seus irmãos, de sua filha, e os cuidados de suas irmãs Cida e Helena.
Cida o acolheu em casa e fez todo o possível para que ele vivesse com dignidade e cercado de amor, nessa fase final que foi tão dolorosa.

Ana
11 meses atrás

Um bom homem, sem juizo nenhum… mas um coração enorme! Descanse em paz!!!
UAUUUUU ?

Última edição 11 meses atrás by Redação JP Agora
mito
11 meses atrás

UUUUAUUUUUUUUR

Camilla Silva Viana
11 meses atrás

Nossa não tive o prazer de conhece lo mais chorei lendo essa matéria muito bem escrita parabéns pra quem escreveu

Ceu azul
11 meses atrás

Meu Grd amigo Valdir,q deus o tenha! Foi MT cedo ainda tinha uma vida pele frente,mais todos tem seu tempo!!!

Mailton Zacarias
11 meses atrás

Grande amigo Valdirão, mesmo com todos os seus problemas com dependências químicas, sempre respeitava quando era advertido e na maioria das vezes levava tudo em brincadeiras e alegria, que o bom Deus o receba em sua glória ???

Valdinei aqui de Uberlândia MG
11 meses atrás

Valdirao huuuuuuaaaaallllllll que Deus te de um bom lugar aí no céu vai em paz meu amigo

Joany
11 meses atrás

Parabéns pelo texto Jp
Deus console o coração de todos os familiares do Valdir

Comentadinha da estrela
11 meses atrás

Nessa cidade cheia de otários, o Valdirão era o oposto de tudo o que vemos por ai. Vai com Deus Valdirão. Você vai fazer muita falta cara.Com certeza a cidade esta mais sem graça sem a sua presença. Tchau Brother.

Eu
11 meses atrás

F

Protetor
11 meses atrás

Podia ser gente boa e engraçado, mas maltratava muito os cachorros que tinha ou via pelas ruas, a vida cobra seu preço

Geder
11 meses atrás

Só acho que o texto faz um apoio apologético de uso a drogas

Jose Adão Felicio
11 meses atrás
Resposta para  Geder

Parabens ao pessoal do JP Agora pelo texto, muito sensivel, humano e respeitador das pessoas e ainda mais nesses tempos de tanta desumanidade. Não o conhecia pessoalmente, mas o via pela cidade. Meus sentimentos à familia.

Artigos relacionados

Últimas Notícias