Vallourec registra ocorrência alegando que área de preservação foi invadida por trabalhadores em Brasilândia

Segundo os funcionários da Vallourec, o poço artesiano foi utilizado sem autorização e algumas áreas de preservação foram invadidas

A Vallourec registrou mais uma ocorrência junto a Polícia Militar contra os ocupantes que invadiram a Fazenda Brejão, em Brasilândia de Minas. Desta vez, a empresa afirma que os invasores utilizaram um poço artesiano sem autorização e suprimiram uma área de preservação permanente – APP.

Segundo apurado pelo JP Agora, os funcionários da empresa que fizeram as constatações foram até a fazenda no dia 21 de fevereiro, quando a Oficial de Justiça estava presente realizando a intimação dos invasores para saírem do local. Na oportunidade, eles anotaram que o lacre do poço artesiano havia sido rompido pelos ocupantes e a água estava sendo utilizada sem a devida autorização.

Os funcionários da empresa pontuaram, ainda, que os invasores degradaram áreas de reserva, área de preservação permanent e vereda para iniciarem construções de alvenaria. Mais adiante, foi constatada uma cerca de arame farpado que impedia a passagem dos funcionários da empresa no aceiro, o que, segundo eles, impactaria na produção da fazenda.

Por fim, os funcionários relataram para a PM que a ocupação está gerando aumento nos custos de manutenção das fazendas e as intervenções em APP’s também geram elevado custo para recuperação da flora, causando prejuízo para a fauna abundante nas dependências da propriedade.

11 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


11 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Eumesmouai
3 meses atrás

No título diz “trabalhadores” ,mais na verdade o certo seria vagabundos .

Chico
3 meses atrás
Resposta para  Eumesmouai

Vc deveria pensar o que falar ao invés de ficar conversando fiado.Por acaso vc conhece todos que ali estão pra falar de vagabundos, vc deveria respeitar as pessoas.

Não me compare faça diferente
3 meses atrás
Resposta para  Eumesmouai

Vc vive é da teta do governo

Zé Trovão
3 meses atrás
Resposta para  Eumesmouai

Esse ta querendo um pedacinho, não terá, movimento de sem terra, nao é para a burguesia, que se acha melhor que o trabalhador, deve explorar alguém trabalha pra ele.

Não me compare faça diferente
3 meses atrás

Este funcionários da Vallourec fica fazendo visita com a polícia parece que a polícia militar trabalhar pra eles lá não tinha nada na casa só mato e morcego o poço artesiano estava sem nada sem lacre acho que Nei eles sabia que tinha um poço lá… Quero sabe tbem pela a polícia fica andando mas os funcionários da vallourec polícia do meio ambiente vcs está com tempo pra fica andando mas este povo já Aplica a muta por não cuida do meio ambiente porque quando os trabalhos entrarão lá só tinha lixo agora achou um povo que cuida e vai… Leia mais »

Joao
3 meses atrás

Kkkkkkkkk você então e a favor da invasão, invadir área particular e crime, e outra, de trabalhadores eles não tem nada, são tudo bando de vagabundos querendo o que não e deles, vão casar serviço e consegui as coisas do próprio suor, se você fala que a vai dá renda pra cidade, e o tanto de família que a vallourec e antiga VeM já sustentou, acho que tinha que tirar esses vagabundos na base da burrachada

Zé Trovão
3 meses atrás

Faltou meu amigo a versão dos trabalhadores, essa notícia da Vallorec nao procede

Filhos da anarquia
3 meses atrás

Essa Brasilândia cada vez mais si surpreendendo o terrinha sem lei essa. Quero passar é longe desse fim de mundo .

Zé Trovão
3 meses atrás
Resposta para  Filhos da anarquia

Vom certeza você nao é de Brasilandia de Minas, fica por ai mesmo, nao fazer falta.

Chico
3 meses atrás
Resposta para  Filhos da anarquia

É um favor que nos faz, mantendo a distância de nosso território.

@
3 meses atrás

Trabalhadores não, invasores, se tivessem trabalhando não tinham nem tempo de invadir terra dos outros.

Artigos relacionados

Últimas Notícias