Acusada de matar homem com golpe de faca em Brasilândia de Minas é presa temporariamente pela justiça

A mulher foi denunciada pelo homicídio em 2013

Raniela Oliveira, acusada de matar um homem no ano de 2011 em Brasilândia de Minas foi presa temporariamente pela justiça na tarde da última quarta-feira (11). Ela estava em casa quando foi abordada e presa pelos policiais militares que se deslocaram até lá para efetuarem a prisão.

O JP Agora apurou que o crime aconteceu no dia 06 de outubro de 2011. Segundo a denúncia, a mulher, movida por motivo fútil, matou a vítima com um único golpe de faca no peito. O processo foi iniciado em 2013 e, até então, ela não foi julgada pelo Tribunal do Júri. A pronúncia, no entanto, foi publicada em 2019.

A mulher foi presa e será encaminhada ao presídio de João Pinheiro e ficará à disposição da justiça.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Faz me rir
10 dias atrás

Motivo fútil? Apanhar igual essa coitada apanhou daquele filhote do satanás e ninguém nunca tomou nenhuma providência, quando ela tomou vai parar na cadeia. Só no Brasil mesmo viu.

Kami
10 dias atrás

Que me lembro na época, foi legítima defesa. Por isso ela estava solta, aguardando julgamento.

Certo pelo certo
9 dias atrás

Engraçado desse site já soltou o nome da vítima escrachado já os vagabundos que matam e roubam seus nomes são preservados anonimamente acho isso uma injustiça

Artigos relacionados

Últimas Notícias