Acusado de matar travesti a golpes de machadinha em Patos é preso escondido em Belo Horizonte

O crime aconteceu no dia 07 de março deste ano no bairro Santa Luzia

A Polícia Civil de Minas Gerais informou na manhã deste domingo (08) que conseguiu prender o homem acusado de matar a travesti Duda Marins. O crime aconteceu no dia 07 de março deste ano no bairro Santa Luzia. Duda foi morta a golpes de capacete e de machadinha e ficou com o rosto desfigurado.

Segundo o delegado de homicídios, Luís Mauro Sampaio, após investigações do inquérito policial e apresentação pela prisão preventiva, o suspeito foi localizado na cidade de Belo Horizonte e preso. Ele foi preso no sábado (07).

O assassinato da travesti abalou a cidade considerando a forma que a vítima foi atacada, quando o autor, utilizando-se de uma machadinha efetuou diversas golpes no rosto da vítima deixandoa-a desfigurada.

De acordo com o delegado, Luís Mauro Samapio, além do suspeito de 38 anos preso em Belo Horizonte, outras pessoas ainda estão sob investigação para saber se possuem alguma relação direta com crime.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

Últimas Notícias