Advogada pinheirense compõe chapa vencedora da OAB/MG; Dra. Érica Lopes representará o Noroeste Mineiro

Presidente Sérgio Leandro foi o cabeça da chapa “Renova OAB”

Neste sábado, 27, Sérgio Leonardo foi eleito presidente da OAB/MG para o triênio 2022/2024. O advogado faz parte da chapa “Renova OAB”, que se consagrou vitoriosa após apuração dos votos dos advogados das 247 subseções de seccional mineira. A advogada pinheirense Dra. Érica Lopes compõe a chapa como representante da região noroeste.

Após uma extensa apuração, em uma disputa acirrada com as outras chapas, Sérgio Leonardo foi eleito com 18.146 votos – 310 votos a mais do que a chapa “Pela Ordem com Você”.

  • Renova OAB: 18.146 votos (41,12%)
  • Pela Ordem com Você: com 17.836 votos (40,42%)

A advogada Érica Lopes, inscrita da 87ª Subseção (João Pinheiro), que também já foi presidente dessa Subseção (2016/2018), compõe o Conselho Seccional como representante do Noroeste de Minas.

Sérgio Leonardo é natural de Belo Horizonte, tem 43 anos e é advogado há 19 anos. Atua na área de Direito Penal e é formado pela UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais. Este será o primeiro mandato do advogado a frente da Ordem, que já atuou como tesoureiro da Seccional mineira (2016/2018) e secretário-Geral adjunto, gestão 2013/2015.

O conselho seccional da OAB é composto pelos integrantes da chapa vencedora (80 membros titulares e o mesmo número de suplentes).

A competência do Conselho está descrita no ART. 57 e 58 da lei 8.906/1994, que dispõe sobre o Estudo da Advocacia e da ordem dos advogados do Brasil, dentre elas editar regimento interno, realizar o exame de ordem, decidir sobre pedidos de inscrição de advogados e estagiários, intervir nas Subseções.

Sérgio Leonardo tem por missão aliar competência, transparência e diversidade como pilares de uma gestão eficiente voltada para as advogadas e advogados, por isso decidiu integrar no Conselho advogadas para que exerçam seu papel de protagonismo nos mais diversos frontes profissionais, sendo respeitadas e valorizadas.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

Últimas Notícias