Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioPoliciaisApós trabalho de manejo, pombos procuram abrigo no prédio da Caixa de...

Após trabalho de manejo, pombos procuram abrigo no prédio da Caixa de João Pinheiro

O procedimento foi realizado na E. E. Presidente Olegário, onde o problema dos pombos foi resolvido

Publicado em

Depois de muita polêmica e preocupação com a saúde das crianças, a Escola Estadual Presidente Olegário realizou o trabalho de manejo dos pombos que estavam abrigados nos telhados do prédio. O serviço de desalojamento, no entanto, apenas transferiu o problema de endereço, já que as aves migraram para o prédio da Caixa Econômica Federal, fato que continua tirando o sossego da população. Entrevistamos Cosme Henrique, responsável pelo projeto, que explicou o que deve ser feito para que as aves abandonem de vez o Centro de João Pinheiro.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Nesta quarta-feira (16), o JP Agora recebeu uma fotografia do alto do prédio da CEF. A imagem impressiona pela quantidade de pombos que ocuparam, enfileirados, praticamente a borda inteira da construção. Diante disso, cientes de que o trabalho de desalojamento já havia sido feito na E. E. Presidente Olegário, entramos em contato com Cosme Henrique, da Dedetizadora Federal, que realizou o projeto na escola e contou detalhes sobre o que deve ser feito para que o problema seja resolvido completamente.

Antes de mais nada, Cosme destacou a importância da lei que proíbe a alimentação das aves, principalmente nas praças do Banco do Brasil e da Igreja Matriz. “Se eles não recebem o alimento, são obrigados a caçar em outras localidades. Por isso, é muito importante que as pessoas parem de alimentar os pombos.”

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

A falta de alimento, no entanto, não é suficiente para acabar com os ninhos. Para isso, é preciso fazer o desalojamento das aves, trabalho que foi desenvolvido no Presidente Olegário e que conseguiu afastar de vez os pombos daquela localidade. Para afastar completamente a infestação do Centro, é preciso dar continuidade ao projeto, segundo destacou Cosme.

“Desalojamos eles. Isso faz parte do projeto que quero fazer para todo o município. Vai desalojando eles de um ponto para o outro até que eles chegam na zona rural. E não estamos muito distantes da zona rural. Estamos mais ou menos em um raio de 3 km, 4 km no máximo da zona rural. Na escola já está resolvido, aí eles procuram um outro ponto e vão descendo até chegarem na zona rural. Na Câmara Municipal mesmo também já foi resolvido. Aí eles foram para academia ao lado, para o prédio, alguns subiram para a Caixa Econômica.”

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Segundo o responsável pela Dedetizadora Federal destacou que o trabalho requer empenho e paciência, já que os pombos ficam migrando seus abrigos de um lado para o outro até que cheguem na zona rural. “No chão da praça do Banco do Brasil está repleto de pombos no chão, nas muretinhas, nos bancos, mas na escola não tem mais abrigos.”

Cosme Henrique ressaltou, por fim, que já se colocou à disposição da Prefeitura de João Pinheiro para resolver o problema, mas nada ainda foi fechado oficialmente. O JP Agora seguirá acompanhando o caso.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
7 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Ponto g
14 dias atrás

E o Cosme só faturando kkkkk

Jararaca ensabuada
14 dias atrás

Naqueles traillers também , o pessoal joga muito resto de salgado , já vi muitos pombos se alimentando ali .

Mistereme
14 dias atrás
Resposta para  Jararaca ensabuada

Fassa aí um abaixo assinado pra remover os treiler dali kkkk

Dona Onça.
14 dias atrás
Resposta para  Mistereme

Outra coisa,aqueles são propriedade popular, não fazem licitação para outros interessados conseguirem se enriquecer também. Muito imoral . Cadê os banheiros públicos onde passa milhares pessoas. Ali precisa urgente de banheiros descentes.

Dona Onça.
14 dias atrás
Resposta para  Mistereme

Os trailers há anos estão nas mãos das mesmas pessoas. Onde publicam o dia das licitações. Tem gente que tem interesse no comércio dali também. Chega de coronelismo. Acorda interessados. Aquilo ali é propriedade do município e não daqueles usurpadores .

Publicidade
Ivan
14 dias atrás

Tem que pegar a cara de quem da comida pra esses pombos e esfregar nas fezes deles, porco nojento, acha que a rua é sua casa

Gratidão
13 dias atrás

Até desanima de fazer um lanche nas praças da cidade. Tá demais mesmo esses pombos.

Publicidade

mais artigos