Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioEducaçãoAulas presenciais serão obrigatórias a partir de 3 de novembro em Minas...

Aulas presenciais serão obrigatórias a partir de 3 de novembro em Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) extinguiu, ainda, a exigência de distanciamento adicional de 0,90 metro entre as carteiras

Publicado em

O Governo de Minas anunciou nesta sexta-feira (22) que, a partir do dia 3 de novembro, o retorno às aulas presenciais deixará de ser facultativo nas redes públicas e privadas de ensino do Estado. Além disso, a exigência de distanciamento adicional de 0,90 metro entre os estudantes no ambienta da escola foi extinta.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A decisão foi tomada nesta sexta pelo Centro de Operações de Emergência de Saúde (COES), da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES), que aprovou a 6ª versão do Protocolo Sanitário de Retorno às Atividades Escolares Presenciais.

Pelo novo protocolo, continuam vigentes aas demais recomendações sanitárias, como o uso de máscaras cobrindo boca e nariz; lavagem das mãos; limpeza e manutenção frequente das instalações; e o rastreamento de contato com pessoas infectadas por Covid-19, juntamente com isolamento e quarentena dessas pessoas.

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

“Diante da melhoria constante dos indicadores relacionados à pandemia, com redução da incidência e do número de casos novos, redução também da internação e da ocupação dos leitos, o grupo técnico resolveu discutir mais uma vez o protocolo sanitário de retorno às aulas”, afirma o secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti.

Ele destaca ainda que o avanço da vacinação justificou a adoção da medida. “Os professores já estão todos vacinados e o alunos acima de 12 anos também já iniciaram o processo de vacinação”, completa.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

A secretária de Estado de Educação, Julia Figueiredo Goytacaz Sant’Anna, defende a volta às aulas presenciais. “Entendemos que a volta de todos os alunos para as escolas é fundamental para o fortalecimento do processo de aprendizagem e do vínculo com a escola, atuando de forma ainda mais efetiva para reduzir as defasagens no ensino e a evasão escolar dos nossos estudantes”, afirma.

Ainda segundo Julia, a Secretaria de Estado de Educação
(SEE) irá orientar os gestores escolares para que eles informem às famílias, aos estudantes, professores e demais servidores das escolas, como funcionará a retomada.

Publicidade

Adesão aos protocolos

Ainda conforme o secretário Fábio Baccheretti, um outro ponto que permitiu a retomada segura das aulas presenciais foi a grande adesão das escolas públicas e privadas aos protocolos sanitários exigidos até então. “Isso permitiu que o grupo técnico decidisse acabar com o distanciamento adicional entre as carteiras”, disse.

Apesar da obrigatoriedade do retorno às aulas presenciais, existe a exceção para crianças e adolescentes com condição de saúde de maior fragilidade para a Covid-19. O fator de risco deverá ser comprovado por meio de prescrição médica, possibilitanto a continuidade das aulas remotas para estes estudantes.

Publicidade

A íntegra da 6ª versão do Protocolo de Retorno às Atividades Escolares Presenciais pode ser acessada clicando aqui.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
9 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João
11 meses atrás

Já passou da hora de voltar.

Maria
11 meses atrás

O problema é que os pais não ajudam os filhos fazerem as atividades e assim as crianças estão prejudicadas, assim eu apoio o retorno pois tem alunos que não estão fazendo nada a muito tempo!!!

Publicidade
Brasileiro
11 meses atrás

Minha opinião é que como já está chegando no final do ano, será que não seria mais viável voltar as aulas presenciais no início do ano de 2022?

Tay
11 meses atrás
Resposta para  Brasileiro

Eu como mãe de 2 criança apoio tbem que as aulas presencial só retorne em 2022

Sem nome
11 meses atrás
Resposta para  Brasileiro

Concordo com vcs, ainda nem a segunda dose da vacina eu tomei, irei procurar um direito de não levar meus dois filhos para a escola, se até hoje a aula on-line foi válida, pq agora não, ou nossos filhos perderam esse um ano e meio? Difícil!!!

Piter Santos
11 meses atrás

Revoltante e inaceitável crianças estão sendo prejudicadas com essa decisão e nós do EJA não aceitamos isso ,precisamos e queremos concluir nosso ensino médio,o problema não é voltar o presencial mas sim a maneira q está sendo ,nós q só podemos concluir online queremos uma resposta do governador isso não pode acontecer

Publicidade
Piter Santos-Eja do esperidião em João pinheiro
11 meses atrás

O problema não é voltar o problema é voltar o presencial e cancelar o Online ,muitos moram longe da escola assim como eu e não tem como ir presencial.

Última edição 11 meses atrás by Piter Santos-Eja do esperidião em João pinheiro
Ana Cláudia eja 2 capitão Esperidião
11 meses atrás

Acesse este link para entrar no meu grupo do WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/C4Egb5PE3KR69nLkSMNSBP

Publicidade
RO
11 meses atrás

No caso como os professores já vacinaram as crianças menores de 12 anos pode pegar covid, a preocupação era só com os professores.

mais artigos