Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioDestaqueAutor de homicídio ocorrido na Olaria é absolvido pelo Tribunal do Júri...

Autor de homicídio ocorrido na Olaria é absolvido pelo Tribunal do Júri de João Pinheiro

Jurados entenderam que o réu agiu em legítima defesa

Publicado em

O autor de um homicídio ocorrido no ano de 2012 na Olaria, em João Pinheiro, foi absolvido pelo Tribunal do Júri de João Pinheiro na última quarta-feira, 03 de agosto, por ter agido em legítima defesa. Ataíde Haine de Araújo tinha 64 anos na época do crime.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

De acordo com o processo, na noite do dia 06 de maio de 2012, acontecia uma festa no Bar do Jair, na Comunidade de Olaria, quando houve um desentendimento entre o Ataíde Haine, na época com 64 anos de idade, e Marcos Rodrigues Carline, de 31 anos.

Ataíde atingiu Marcos com um golpe de faca, que foi socorrido por terceiros, vindo a falecer horas depois no Hospital de João Pinheiro. O idoso ficou preso 105 dias, foi solto e ganhou o direito de responder ao processo em liberdade.

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

A defesa de Ataíde, composta pelos advogados Jamir Moreira de Andrade e Iuri Evangelista Furtado, auxiliados pela estagiária Larissa, sustentou a tese de que Ataíde agiu em legítima defesa, pois foi ameaçado de morte 15 dias antes dos fatos e que, no dia do homicídio, foi Marcos quem começou a briga e primeiro atingiu Ataíde, que somente usou da faca para se defender e não ter a sua vida ceifada.

No final da sessão, os jurados votaram pela absolvição de Ataíde, reconhecendo

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos