22.6 C
João Pinheiro
sexta-feira, outubro 22, 2021

Casal que andou 200 km para abandonar filha recém-nascida em MG é indiciado

Pais afirmaram que mulher tem problemas de ordem psicológica, mas nenhum relatório que comprovasse a doença foi apresentado

Um casal, que mora em Montes Claros, no Norte de Minas, se apresentou à Polícia Civil para confessar que abandonou a filha recém-nascida em Salinas, também no Norte do Estado, cidade a cerca de 200 quilômetros de distância uma das outras. Após comprovação do crime, o casal foi indiciado. A denúncia foi divulgada pela instituição nessa segunda-feira (20).

De acordo com a Polícia Civil, a menina foi encontrada em 27 de janeiro, enrolada em uma manta, em uma calçada próximo ao comércio da cidade, por um casal. Depois da repercussão do caso, os pais da criança se apresentaram à instituição e confessaram o crime.

Segundo a Polícia Civil, o casal agiu premeditadamente, uma vez que nenhum exame de pré-natal foi realizado durante a gestação da menina. Além disso, os pais abandonaram a bebê em um local sem câmeras de segurança.

Delegado à frente do caso, José Eduardo dos Santos afirma que o casal agiu com “dolo específico de homicídio”, uma vez que a menina poderia ter sido deixada em um local onde pudesse ter sido achada rapidamente. “A criança poderia não sobreviver devido ao frio extremo que fazia na noite dos fatos, e, ainda, poderia sofrer com ataque de animais e picadas de insetos venenosos, entre outros”, comenta.

Justificativa

Os pais afirmaram que cometeram o crime devido a “problemas de ordem psicológica da mãe da criança.” Entretanto, nenhum relatório que comprovasse a doença específica foi apresentado na delegacia.

FonteO Tempo

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias