Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioPolíticaChefe do Cartório Eleitoral de João Pinheiro desmente fake news relacionadas às...

Chefe do Cartório Eleitoral de João Pinheiro desmente fake news relacionadas às eleições

Hércules Gomes Júnior enviou uma nota à redação do JP Agora

Publicado em

Em ano de eleição, as fake news representam riscos ainda maiores para a sociedade, principalmente aquelas que dizem respeito ao processo eleitoral. Em João Pinheiro, diversos vídeos já circularam nas redes sociais sobre cancelamento de títulos e obrigatoriedade da biometria com a nítida intenção de confundir os interlocutores. Pensando em esclarecer toda a situação, o JP Agora contatou o chefe do Cartório Eleitoral pinheirense.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

Hércules Gomes Júnior foi questionado primeiro sobre o cancelamento de títulos, questão esta que foi levantada por um dos vídeos propagadores de fake news. O chefe do Cartório explicou que a informação é falsa.

“A Justiça Eleitoral de João Pinheiro informa que é falsa a notícia de cancelamento de títulos dos eleitores acima de 70 anos. O eleitor acima de 70 anos não tem obrigação de votar e, sendo assim, permanece sempre quite com a Justiça Eleitoral.”

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

Na sequência, nossa redação questionou Hércules sobre a obrigatoriedade da biometria. A fake news em questão dizia que a biometria seria obrigatório nas eleições deste ano e que isso não estava sendo divulgado, o que foi integralmente desmentido pelo chefe do Cartório.

“Informamos também que os requerimentos de títulos podem ser feitos por meio do site do TSE e que este ano votarão normalmente tanto os eleitores que fizeram biometria quanto os que não fizeram. Lembrando que a biometria foi suspensa por causa da pandemia e não tem previsão de reinício.”

Publicidade

O JP Agora alerta aos leitores para que ajudem a fiscalizar as fake news nas redes. A situação é muito comum, inclusive, em grupos, onde o compartilhamento das mensagens ocorre na maioria das vezes sem a apuração da veracidade da informação.

Diversos veículos de imprensa já fazem checagens sobre a veracidade de informações compartilhadas na internet. Por isso, procure sempre pesquisar sobre o assunto no Google antes de repassar qualquer tipo de conteúdo para frente. Torne isso um hábito e ajude a combater as fake news.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Janaina
5 meses atrás

Seria Bom se essa informação fosse passada nas rádios AM e FM também para os ouvintes da zona rural e da cidade também 👏👏👏☺️

mais artigos