Publicidade
Atendimento emergencial OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioBrasilComo os jogos ajudam a melhorar as habilidades de resolução de problemas...

Como os jogos ajudam a melhorar as habilidades de resolução de problemas e pensamento crítico

Publicado em

Para muitas pessoas, os jogos não representam apenas momentos de descanso e lazer. Através de jogos, você pode desenvolver várias habilidades importantes, e que podem ser levadas para a sua vida. 

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Uma delas é a facilidade em desenvolver o seu pensamento crítico, que o leva a solucionar seus problemas com boas decisões. Veja neste artigo algumas habilidades que podem ser desenvolvidas ao jogar, e alguns jogos que despertam essas habilidades em você.

Raciocínio rápido

Alguns dos jogos que o ajudam a desenvolver essa habilidade são o Xadrez, o Sudoku, Jogos de estratégias em turno, como o Age Of Empires e Civilization, o Poker, que é encontrado em cassinos Ethereum, entre outros que requerem um nível de pensamento mais elaborado.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

Há muitos jogos que desenvolvem o raciocínio rápido das pessoas, sendo responsáveis por ajudar na dedução, abdução e indução. Com a dedução, você conseguirá ter uma conclusão melhor de questões; já com a abdução você conseguirá definir a circunstância de um raciocínio; enquanto que com a indução será mais fácil apontar quais são as regras, com base nas informações passadas até o momento.

Familiaridade com novos idiomas

Atualmente, a maioria dos jogos online são em inglês – o idioma padrão da indústria. Sendo assim, os jogadores têm um contato diário com esse idioma, pois todas as instruções, as transmissões, e os termos, são em inglês. Além disso, é possível interagir com outros jogadores durante campeonatos internacionais.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Apesar de ter a opção do idioma português na maioria dos jogos, é aconselhável que não o utilize. O contato frequente com outras línguas o ajudará a criar familiaridade com novos idiomas, assim você pode aprender inglês em um tempo menor do que precisaria normalmente.

Memória

Os jogos de memória trabalham especificamente o desenvolvimento do córtex e do hipocampo, que são partes importantes do cérebro, cuja função é guardar as memórias. Enquanto as lembranças recentes ficam arquivadas no hipocampo, as lembranças antigas são enviadas para o córtex.

Publicidade

Com isso, é comprovado que quanto mais você usar o seu cérebro, mais ativo ele ficará. Então, ao estimular o cérebro com jogos, ele ficará mais desenvolvido e, consequentemente, a memória será estimulada também.

Alguns dos jogos responsáveis por esse desenvolvimento são o Tetris, o 2048, o Candy Crush Saga, o jogo de 7 erros, sudoku, paciência, e outros diversos jogos de cartas que trabalham a memória do jogador.

Publicidade

Solução de problemas

Existem jogos que exigem a solução de problemas, e isso acontece com obstáculos que são colocados ao longo do jogo, sempre com a necessidade de seguir as regras. Assim, o jogador precisará elaborar uma estratégia alinhada com metas para a solução desses problemas.

Dessa forma, será possível tomar decisões inteligentes, e se manter focado no objetivo final. Inclusive, muitos jogos são usados como recurso para a educação de crianças. Os jogos de investigação trabalham em cima dessa habilidade.

Publicidade

Contudo, essas habilidades podem ser aplicadas no dia a dia para solucionar diversos problemas – esse é um requisito muito procurado por agentes, por exemplo. Portanto, se você conseguir desenvolver essas habilidades, poderá até mesmo aumentar as suas chances de passar em uma entrevista de emprego muito desejada.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos