Publicidade
Atendimento emergencial OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioDestaqueConta de luz fica mais cara a partir de hoje; reajuste médio...

Conta de luz fica mais cara a partir de hoje; reajuste médio autorizado pela Aneel é de 8,8%

É mais um golpe no bolso do consumidor mineiro que vê a inflação corroer o orçamento dia após dia

Publicado em

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – aprovou nesta terça-feira (21) reajuste médio de 8,8% nas contas de energia da Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG. O aumento passar a valer a partir de hoje, dia 22 de junho. É mais um golpe no bolso do consumidor mineiro que vê a inflação corroer o orçamento dia após dia.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Para os consumidores residências da CEMIG, o reajuste autorizado pela ANEEL é de 5,22%. Isso significa que uma residência que paga R$ 100,00 por mês de conta de energia vai passar a pagar R$ 105,22.

Já para os consumidores de alta tensão, como indústrias e grandes comércios, o aumento é bem maior, 14,31%. Para sistemas de baixa tensão, como iluminação pública, sistemas agropecuários, lojas e edifícios comerciais, o reajuste será de 6,23%.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

A Agência Nacional de Energia Elétrica informou que o efeito médio para os consumidores em geral será de 8,8%.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Zé Povim
5 meses atrás

Faz arminha!

Irônico
5 meses atrás

Vamos ver se os eleitores lembram disso no dia da eleição! Tira as vendas dos olhos eleitor!

Publicidade

mais artigos