Contas de luz dos brasileiros terão acréscimo de R$ 14,20 com tarifa ‘escassez hídrica’, anuncia Aneel

Agência Nacional de Energia Elétrica anunciou nesta terça-feira (31) uma nova classificação de bandeira tarifária

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta terça-feira (31) uma nova classificação de bandeira tarifária, “escassez hídrica” para as contas de luz consideradas excedentes de todo o país. 

A nova classificação, que adiciona R$ 14,20 às faturas a cada 100 kW/h consumidos, deve entrar em vigor nesta quarta-feira (1º) e permanecer até 30 de abril de 2022.  A nova bandeira representa uma alta de 49,63% em relação à bandeira de classificação vermelha patamar 2, até então a mais alta do sistema.

A nova bandeira é uma consequência do agravamento da crise hídrica no Brasil, que faz com que setor elétrico passe por uma intensa adaptação para não deixar faltar energia nos próximos dois meses, que prometem ser os mais críticos de 2021.

Publicidade
Supermercado Líder - Corrida Premiada

Prova da crisi hídrica e que o reajuste anunciado nesta terça nas tarifas é o segundo do ano. No fim de junho, a Aneel reajustou a bandeira tarifária vermelha patamar 2 de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 kWh consumidos.

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
airan rangel leite
2 meses atrás

O consumidor sempre paga tudo, nada sai dos cofres do governo.

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias