Criminosos armados invadem mais uma residência e roubam casal em João Pinheiro

O veículo da família, dinheiro e duas televisões foram levados pela dupla

Marido e mulher passaram por momentos de tensão dentro de casa nas mãos de dois assaltantes armados no início da noite da última quarta-feira (16) no Bairro Papagaio, em João Pinheiro – MG. Sob a mira de um revólver e de um facão, o casal foi colocado no banheiro da residência enquanto os criminosos reviravam tudo. Ninguém foi preso até o momento.

A invasão aconteceu por volta das 18:50 horas e pegou as vítimas de surpresa. Os criminosos trajavam roupas escuras e estavam encapuzados. Um deles era mais alto e o outro mais baixo e os dois estavam armados. A arma de fogo se tratava de um revólver provavelmente calibre .32 bastante deteriorado.

O JP Agora apurou que o casal ficou à mercê dos criminosos por cerca de 60 minutos. Neste período, as vítimas foram colocadas no banheiro da residência enquanto os assaltantes reviravam a casa inteira. Armados, os dois homens exigiam dinheiro, perguntavam sobre armas e um cofre, mas diziam que não fariam nenhum tipo de violência caso as vítimas não reagissem. O marido entregou a quantia de R$400,00 (quatrocentos reais) que possuía na carteira e disse aos ladrões que não possuía arma e nem cofre em casa.

Depois que reviraram tudo, os assaltantes pegaram duas televisões e colocaram na carroceria da camionete da família, uma S10 de cor branca. Antes de fugirem, os dois disseram para as vítimas aguardarem 30 minutos antes de acionar a polícia. Então, os dois entraram na camionete e foram embora levando o dinheiro, celulares, as duas TV’s e o veículo de placa PVT-9668.

A polícia conseguiu localizar a camionete através de um rastreador instalado no veículo. Ela seguia pela BR-040 sentido Belo Horizonte. Mais tarde, os militares descobriram que os criminosos passaram pela praça do pedágio da Via 040 e, depois disso, o veículo transitou aproximadamente 9 km, até que o sinal do rastreador foi perdido. Buscas foram feitas nas estradas vicinais da região, mas o veículo não foi encontrado até o momento.

Ainda de acordo com as informações levantadas pelo JP Agora, antes de finalizarem a ocorrência, os policiais tentaram levantar informações sobre os suspeitos em um bar próximo à residência e também em um estabelecimento comercial localizado na mesma rua, mas não conseguiram nenhuma informação relevante. O caso foi registrado e será investigado pela Polícia Civil.

Segunda residência invadida por criminosos em menos de sete dias

O JP Agora noticiou, no início da semana, um caso semelhante. Na ocasião, pai e filho moradores do Bairro Centro de João Pinheiro viveram momentos de terror nas mãos de dois assaltantes na noite da última sexta-feira, 11 de junho. A dupla de criminosos entrou na residência e surpreendeu as vítimas em um dos quartos.

Tudo aconteceu por volta das 21:20 horas da última sexta-feira (11). Segundo apurado pela redação do JP Agora, pai e filho estavam em um dos quartos da residência conversando quando foram surpreendidos pela dupla de assaltantes. Os dois criminosos trajavam camisas com mangas compridas e estavam encapuzados. Um deles era alto e magro e o outro era baixo e acima do peso.

Os assaltantes renderam as vítimas e anunciaram o assalto armados com uma arma de fogo. Imediatamente, o indivíduo mais baixo se aproximou do senhor de 61 anos e arrancou sua corrente de ouro do pescoço. Depois, a dupla continuou exigindo itens de valor sob ameaças e apontando a arma para pai e filho a todo tempo.

Ainda no quarto onde as vítimas estavam, os criminosos encontraram uma caixa de joias que pertencia a esposa do homem. Eles exigiram que a vítima entregasse uma arma de fogo, mas o homem não possuía nenhuma arma de fogo e as ameaças continuaram. Depois de pegarem os bens, a dupla se dirigiu até o portão da residência, mas voltaram para dentro logo em seguida porque avistaram o farol de um veículo se aproximando.

Instantes depois, os assaltantes foram embora. O assaltante alto e magro ameaçou pai e filho com a arma de fogo a todo momento e o seu comparsa chegou a atiçá-lo antes de irem embora, dizendo para ele “terminar o serviço”, dando a entender que queria as vítimas mortas, mas, por sorte, o criminoso não deu ouvidos. Os dois fugiram sem deixar rastros e as vítimas nada sofreram, além dos prejuízos materiais e o enorme susto.

4 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
De olho
10 meses atrás

Então são os mesmos, até bobo sabe uai..

Marcos
10 meses atrás

Entraram na casa dos agiotas de jp, aquele gordo sem educação.

PAULO FERNANDO
10 meses atrás
Resposta para  Marcos

ladrao que rouba ladrao tem 100 anos de perdao

Oliveira Patriota
10 meses atrás

Aparecerão muitos comentários falando mau da polícia mas conheço um advogado e ele falou que a justiça liberou um monte de vagabundo que estava preso semana passada.

Ladrão e traficantes tudo com muita cadeia para tirar sendo liberados.

Artigos relacionados

Últimas Notícias