Defesa entende que Angelina matou Mara e pede que jurados a condenem a manicômio judiciário

Durante debates, os advogados reconheceram a autoria de Angelina para o crime, mas defenderam a inimputabilidade da ré

Durante os debates no julgamento de Angelina, os advogados de defesa sustentaram que a ré tem distúrbios mentais pois usa diversas medicações. Além disso, os defensores afirmaram que possuem vários laudos que comprovam que Angelina sofre de algum distúrbio mental.

Segundo os advogados, Angelina corre grande risco estando presa em prisão normal em João Pinheiro. A defesa sustentou também que ela foi agredida por algumas vezes e que inclusive já tentou contra a própria vida.

Os advogados defendem que Angelina receba uma medida de segurança e fique pelo resto da vida em um manicômio judiciário, onde receberá os cuidados necessários.

A defesa pediu sabedoria ao júri sobre a decisão. Também foi pontuado sobre a real intenção dos fatos que levou Angelina a cometer tal crime, atribuindo a falta de sanidade mental.

A defesa também refutou os laudos apresentados pelo promotor que mostram a capacidade mental de Angelina, justificando que os laudos não foram confeccionados após os fatos e que não atestam de forma técnica a real capacidade mental dela.

A defesa contou, também, que as próprias testemunhas demonstraram em depoimento que Angelina demonstra insanidade mental, o que também foi sustentado pela própria ré. Após a acareação, a defesa não falou mais nada sobre a possível participação da testemunha.

O promotor, por sua vez, acusou Angelina de ser extremamente fria e manipuladora. Disse, ainda, que as acusações dirigidas à Polícia Civil foram graves e que vai determinar uma investigação. Se comprovada a lisura dos agentes, o promotor se comprometeu a responsabilizá-la por ter acusado os investigadores de terem forjado seu depoimento.

O júri segue em andamento e o JP Agora trará mais informações em breve.

2 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Advogado do Diabo
11 dias atrás

Uma pergunta: quem pagou os seis advogados que defendeu a Angelina???? Para defender bandido e assassino, sempre aparece um monte, hô raça. Mesmo assim a justiça foi feita, parar ao Promotor! 👏👏👏

Elizabeth
11 dias atrás

Tem que deixar mais cadeia o resto da vida e isso que ela merece

Artigos relacionados

Últimas Notícias