InícioCidadePerturbador: filho de 18 anos estupra a própria mãe na zona rural...

Perturbador: filho de 18 anos estupra a própria mãe na zona rural de Presidente Olegário; jovem foi preso

O rapaz foi preso no distrito de Santiago de Minas e relatou que não se lembrava do ocorrido

Publicado em

Um jovem de 18 anos estuprou a própria mãe na zona rural de Presidente Olegário na última quarta-feira, 12 de junho. A vítima, de 34 anos, apanhou e foi ameaçada para manter relações sexuais com o filho enquanto retornavam para a fazenda onde moravam na região do distrito de Santiago de Minas. O rapaz foi preso no dia seguinte.

Segundo informações levantadas, a princípio, pelo portal P.O Hoje, a vítima relatou à PM que retornava do trabalho na noite de quarta-feira (12) e que, ao passado pelo Distrito de Santiago de Minas, encontrou com o filho bebendo em um bar e o chamou para irem embora para casa localizada próximo ao distrito. Foi então que, no trajeto para casa, o jovem estuprou a mãe.

O jovem forçou a mãe, mediante socos e enforcamento, a praticar sexo oral e vaginal. A vítima chegou a ficar inconsciente e, assim que recobrou sua consciência, conseguiu se desvencilhar do filho e fugiu, pedindo ajuda a duas testemunhas que a encontraram na estrada. As testemunhas levaram a mulher até sua casa, onde ela relatou o caso para o marido.

Bastante constrangida, a vítima só conseguiu denunciar o filho no dia seguinte, quando então a Polícia Militar começou a procurá-lo. O jovem foi localizado horas depois em uma residência no distrito de Santiago de Minas. Questionado, ele afirmou que não se recordava do ocorrido. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Plantão pelos crimes de estupro e violência doméstica. A Polícia Civil já abriu inquérito para apurar os fatos e encaminhará o processo à justiça nos próximos dias.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Consciente
1 mês atrás

Se faz isso com a própria Mãe, imagina com outras pessoas? Tinha de ser prisão perpétua.