Funcionário furta trator de patrões para pagar dívida com pinheirense; veículo foi encontrado pela PM

Furto aconteceu na segunda e a PM já conseguiu localizar o bem furtado

Na tarde da última terça-feira, 03 de maio, a Polícia Militar de João Pinheiro conseguiu recuperar um trator que havia sido furtado no município de Varjão de Minas na segunda, 02 de maio. O autor do furto foi identificado e preso. Trata-se de um funcionário do dono do trator. Um pinheirense também foi conduzido para a delegacia por suspeita de receptação.

Segundo a ocorrência, a Polícia Militar recebeu as primeiras informações apontando que o furto havia acontecido em Varjão de Minas, mas que havia sido finalizado na cidade de João Pinheiro. É que as vítimas, proprietárias do trator, souberam que o veículo foi visto sendo transportado na zona rural por um motorista conhecido.

O motorista que transportou o trator, então, foi contatado e deu detalhes para os militares. Segundo apurado pelo site, o homem contou que foi contratado para fazer o serviço e não sabia que o trator era furtado, principalmente porque quem solicitou o transporte era funcionário dos proprietários do veículo.

Em seguida, o motorista levou os militares até o local onde desembarcou o trator, exatamente na estrada da região conhecida como Cachoeira do Garimpo. Os policiais, certos de que conseguiriam encontrar o veículo, seguiram o rastro dos pneus e chegaram até uma propriedade rural. De longe, os militares avistaram o trator nas dependências da fazenda.

Ainda no local, os policiais mostraram uma foto do proprietário da fazenda ao motorista que realizou o transporte e ele o reconheceu como sendo a pessoa que recepcionou o funcionário que havia lhe contratado. Trata-se de um pinheirense de 36 anos de idade. O motorista disse, ainda, que era o pinheirense quem havia pagado seu serviço. Minutos depois, o homem que abrigava o trator foi de encontro aos policiais.

Assim que encontrou os militares, o pinheirense recebeu voz de prisão por receptação. Questionado, ele contou que ainda não havia comprado o trator e que o veículo foi lhe oferecido por R$20.000,00 (vinte mil reais). As negociações, segundo ele, ainda não tinham sido finalizadas e ele só havia deixado guardarem o trator em sua propriedade.

O homem disse, ainda, que o autor do furto lhe devia dinheiro e o valor do trator seria usado para abater parcialmente a dívida, mas ele negou que soubesse a origem ilícita do veículo. Na sequência, os militares encontraram o autor do furto.

O homem, que até então era funcionário do proprietário do trator, contou que o fazendeiro pinheirense sabia da ilicitude que cercava o veículo e disse que os dois haviam o negociado por R$15.000,00 (quinze mil reais). Ele contou para os militares, ainda, que as provas dos crimes poderiam ser encontradas em seu celular.

A participação do motorista que transportou o veículo foi descartada, segundo o depoimento do próprio autor do furto. Tanto ele quanto o fazendeiro pinheirense foram presos, o primeiro pelo furto e o segundo por receptação. O caso será investigado pela Polícia Civil.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Não sei
17 dias atrás

Kkkkkkkkk trouxa

Bolsonaro
16 dias atrás

Com certeza Geraldinho porto tá no meio esse chiqueirinho e testa de ferro dele !

Curioso
16 dias atrás

Nome dos ladrões ?

Artigos relacionados

Últimas Notícias