InícioCidadeHomem em surto psicótico ateia fogo em residência em João Pinheiro; Corpo...

Homem em surto psicótico ateia fogo em residência em João Pinheiro; Corpo de Bombeiros foi acionado

O indivíduo foi preso pela Polícia Militar assim que o socorro foi acionado

Publicado em

Um homem em surto psicótico ateou fogo em uma residência na cidade de João Pinheiro na madrugada deste domingo, 16 de junho. O Corpo de Bombeiros combateu as chamas e a Polícia Militar prendeu o indivíduo. Ninguém ficou ferido.

Segundo informações obtidas pela reportagem do JP Agora, o homem ateou fogo aos colchões do quarto onde morava aos fundos de uma residência. O Corpo de Bombeiros, então, foi acionado e iniciou o combate ao incêndio imediatamente. Os trabalhos duraram cerca de 40 minutos.

Homem em surto psicótico ateia fogo em residência em João Pinheiro; Corpo de Bombeiros foi acionado
Foto: Bombeiros MG

O fogo atingiu o quarto de aproximadamente 8 metros quadrados e um banheiro. Itens como geladeira, fogão, botijão de gás e a cama foram consumidos pelas chamas e a cobertura da residência foi totalmente destruída. O proprietário do imóvel foi orientado a contratar, com urgência, uma empresa especializada para a remoção dos escombros e a reconstrução do telhado, visando eliminar os riscos remanescentes. Além dos danos estruturais, a parte elétrica e hidráulica da residência também foi completamente destruída.

“Após o combate às chamas, a equipe dos bombeiros realizou um minucioso trabalho de rescaldo, garantindo a segurança dos moradores da casa frontal. A entrada da residência afetada foi isolada com fita zebrada para evitar o acesso. Após fornecer todas as orientações necessárias ao proprietário e assegurar a área, a guarnição do Corpo de Bombeiros retornou ao Pelotão de Bombeiros (PelBM)”, apontou o Corpo de Bombeiros em nota enviada à imprensa.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu o homem responsável pelo incêndio. Ninguém ficou ferido.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Saudo
1 mês atrás

Falta de serviço da nisso