Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioPoliciaisHomem encontra vizinho morto em estado de decomposição no distrito de Ponte...

Homem encontra vizinho morto em estado de decomposição no distrito de Ponte Firme, em Presidente Olegário

O corpo estava deitado na cama do quarto e foi encontrado após o vizinho abrir a janela

Publicado em

O corpo de um homem, 58 anos, foi encontrado em estado de decomposição na tarde deste domingo (7) dentro de uma casa localizada no bairro Maracujá, Distrito de Ponte Firme, município de Presidente Olegário.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

Segundo informações obtidas com a Polícia Militar (PM), um vizinho que não notava a movimentação do homem há, pelo menos, três dias, resolveu deslocar até a residência e notou um forte odor no local.

De acordo com a ocorrência policial, o vizinho resolveu abrir a janela do quarto, deparando com a vítima morta sobre a cama. Ele relatou aos militares que a vítima sofria com problemas cardíacos e tinha passado por uma ponte de safena.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

Ainda de acordo com a ocorrência policial, a princípio não foram identificados sinais de violência. Os militares permaneceram no local até a chegada da perícia técnica da Polícia Civil, que foi acionada para realizar os procedimentos de praxe.

O corpo de Edson Siqueira Brandão “Baiano”, de 58 anos, natural de São João da Ponte/MG foi encaminhado para o Instituto Médico Legal – IML – na cidade de Patos de Minas.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos